Segunda-feira, 24 de Outubro de 2011

Fala-me verdade...

Vem, então, logo que possas.

- Vem, mas conta-me tudo.

Quero saber todas as tuas "voltas" e "voltinhas" enquanto andaste à solta, sem mim.

Sei o que sei: e não sei se é verdade o que imagino.

E a minha imaginação é fértil...

Imagino que me traíste em todos os hotéis aonde pernoitaste.

Imagino que fizeste sexo com todas as galdérias que encontraste.

Imagino-te a fazeres sexo com elas e a mentires-lhes, como me mentes a mim.

E porque eu imagino coisas que tu negas eu te peço que venhas.

- Vem mas fala-me a verdade.

Será isso possível vindo de ti?

tags: ,
publicado por mcm às 10:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Acho que sim...talvez.

Lembras-te de quando te dizia "amo-te para sempre"?

Era verdade.

Mas só era a verdade nessa hora.

Por muitas coisas diversas já não te amo agora...

Deveria ter -te dito, então:

- Talvez que te ame para sempre?

Sendo sincera e respondendo à questão:

- Acho que sim.

Acho mesmo que sim. Eu podia ter-te, talvez, amado para sempre.

Talvez...

tags: ,
publicado por mcm às 11:05
link do post | comentar | favorito
Sábado, 24 de Setembro de 2011

Nostalgia...

E uma enorme nostalgia invadiu a minha alma por inteiro.

- Queria-te ao pé de mim agora.

Adivinho que não virás!

Conheço todas as tuas palavras enganadoras.

Conheço-te bem demais.

E é por coisas assim que o desejo se esvai e foge de mim...

Já não gosto de te desejar. Já desisti de tudo contigo.

Só resta agora esta nostalgia!

Uma enorme nostalgia de ti.

tags:
publicado por mcm às 18:46
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Setembro de 2011

As "coisas" do Amor...

Esta música é uma música que fala sobre as coisas do amor...

Todos nós temos experiências sobre este tema tão universal.

Mas quando alguém canta uma música destas, com este sentimento na voz, as coisas do Amor ganham outro sentido.

Hoje deixo-te este tema para pensares:

- Quantas vezes já te excedeste por amor?

Te excedeste no Bem; te excedeste no Mal?

Pensa nestas coisas. Fica amando o mais que souberes e conseguires.

publicado por mcm às 11:45
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

Demasiado bom!...

 

Este excerto tem quarenta anos!

Os meus amigos visitantes abram o vídeo e assistam, por favor...

Vejam só que parece uma reunião feita nestes dias que vivemos.

Há coisas que nunca mudam - infelizmente para nós.

 

PS: Encontrado no mural de um amigo no FB.

tags: ,
publicado por mcm às 12:37
link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Agosto de 2011

Em terra...

 

Muitas das vezes, ao longo dos nossos anos de vida, vamos deixando para trás os sonhos que imaginávamos, um dia, alcançar.

A isso eu chamo - vamos cortando as "asas" ao nosso arbitrário caminho, e ficando cada dia mais poisados - só em terra.

- "As Asas são para sonhar"... canta Rui Reininho, um dos meus maiores ídolos na Música Portuguesa.

E um grande Poeta também.

E é por estas coisas que agora te sugiro que abras este vídeo; que prestes boa atenção a este poema; que saboreies esta música lindíssima.

Aproveita, se quiseres. 

Coloca as tuas asas e não te deixes ficar poisada/o em terra...

Ensaia voos e cai. Mas não pares de sonhar, nunca. 

publicado por mcm às 13:40
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

"Anel de fogo"...

 

És fã de boa música?

Então abre este vídeo e escuta este senhor...

É uma música emblemática e que fala de coisas mais profundas do que à primeira ideia se possa pensar.

"Ring Of Fire" é uma metáfora erótica que não vale a pena estar aqui a dissecar.

Ouve e saboreia esta música com este poema fabuloso.

publicado por mcm às 19:36
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

Namora...

 

Hoje é sexta-feira... e, se fores namorar, não te esqueças que não há coisa melhor que alguns gestos de ternura e carinho.

As palavras, nesses contextos, por vezes atrapalham e não traduzem a autenticidade de um beijo ou de uma carícia.

Esta música fala sobre estas coisas...

Abre o vídeo, escuta esta música; inspira-te; namora o mais que puderes.

Fica bem e feliz.

publicado por mcm às 19:30
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Julho de 2011

Despe-te...

Esta música e este poema são intemporais...

- Também Juliette Greco.

Cantou esta canção em jovem - e foi um enorme e arrebatador sucesso.

Porém, há tempos, veio ao CCB, e, com oitenta anos e uma performance espectacular, cantou-a também; e encantou todos os que lá estávamos.

Não há tempo quando o Tempo é a nosso favor.

Quando temos o prazer de fazer na Vida aquilo de que gostamos.

Julitte Greco foi e é uma mulher com sorte.

- Tem tido uma Vida muito cheia de tudo e plena de coisas boas.

E a canção termina assim:

- Despe-me; despe-te...

PS: Tenham uma boa e santa noite.

publicado por mcm às 18:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Junho de 2011

Devastada...

 

Eu olhava-te e via - julgava eu - o fundo da tua Alma!

E imaginava coisas, todas belas, contigo.

E dessas coisas imaginadas, algumas, nós tivemos...

- Foi bom o que me déste do que era teu!

Foi bom, especialmente, o sabor dos teus beijos; o sabor da tua pele; o teu peito esmagado contra o meu.

Foi bom, sobretudo, o apelativo sexo que sabias dar-me de vez em quando.

Um dia, olhei-te e vi um Ser diferente.

A tua Alma, passou de azul céu a negro intenso.

- Fiquei confusa e perdi-me de ti até hoje.

Sempre te disse que tenho medo do escuro. Fiquei e estou devastada.

Coisas que acontecem a quem confia.

tags: , ,
publicado por mcm às 13:50
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Sobre "as megeras"... (aviso)

A "megera" entrara em acção.

Decidira apropriar-se de todos os contactos do seu "amado" imaginário e passava as suas horas de ócio e ódio, a mandar emails e a fazer telefonemas, para as suas "vitimas" eleitas.

A megera estava louca! Via em todas as mulheres que falassem com o seu "amado," inventado, uma rival.

E engendrava coisas absurdas:

- Quando mandava esses emails; ou fazia esses telefonemas... "falava" de invenções sórdidas, que a sua cabeça perturbada criara, para alimentar a paranóia mórbida que a ruía por dentro e por fora.

A megera fazia mal a muita gente. Mesmo não a acreditando, as vitimas, ficavam perturbadas com a sua abordagem malévola.

- Ficavam desestabilizadas. O "namorado" inventado estava na praça pública sem o saber.

Não se sabe se a megera terá mesmo namorado, a sério! Se terá algum homem que lhe dê atenção!... Se faz sexo, sequer. Se gosta de homens, ao menos!.... A megera cria cenários e vive num mundo que só ela sabe que existe.

Sabe-se, no entanto, que a megera é má e perigosa.

Quando ela está em acção é um perigo iminente para as vitimas eleitas - o "namorado" e as "rivais".

Preserva-te das megeras.

Elas andam por aí! Abundam, mesmo.

Se fores "atacado/a" por uma megera toma cuidados. Muitos cuidados.

sinto-me: a divagar...
tags: ,
publicado por mcm às 10:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

As melhores noites...

Sentada aqui na minha cadeira, de aonde avisto os jacarandá quase em flor... eu penso em ti e naquilo que me inspiras.

- E a inspiração que me dás e trazes é uma coisa de que não abdico.

E por isso estou a pensar nas mil e umas maneiras que tens de fazer sexo comigo:

- Todas especiais; todas novas a cada vez; todas de comer e pedir por mais...

Tu inspiras-me para muitas aventuras; mas é pelo sexo que mais me inspiras.

Estou morta por que a noite chegue; que apareças por cá; que me convides para o que quiseres.

Estou mortinha, mesmo.

As tuas noites comigo são as minhas melhores noites.

- As melhores de sempre.

tags: ,
publicado por mcm às 11:10
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Fala-me verdade...

. Acho que sim...talvez.

. Nostalgia...

. As "coisas" do Amor...

. Demasiado bom!...

. Em terra...

. "Anel de fogo"...

. Namora...

. Despe-te...

. Devastada...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!