Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Sem convicção...

Tinhas-me jurado que jamais me trairias!

- Dizias-mo sempre com uma enorme convicção, na voz e no olhar.

Eu acreditava em ti e era feliz.

Dava-me, com prazer, ao teu olhar e às tuas carícias. Entregava-me toda a ti.

-O meu corpo era teu sempre que me desejavas.

Fomos dois loucos de desejo e no sexo consumado.

Fizemos tudo o que sabíamos - na cama e fora dela.

Eram momentos de loucura esse sexo todo que nos proporcionámos a ambos.

Mas - lá vem o "mas" que tudo estraga:

- Tu traías-me, há muito, com a minha melhor amiga!

Hoje desprezo os dois de igual forma.

Não esqueço que ambos vós me traítes.

Não me esqueço.

publicado por mcm às 11:08
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Maio de 2011

Momentos de beleza...

Sentes-te cansado? Vazio? Sem motivações interiores que te animem?...

Abre este vídeo; fecha os teus sentidos às outras coisas e ouve esta música - em silêncio absoluto.

É uma música purificadora e inspiradora - com uma superior qualidade de interpretação.

- Única, diria mesmo.

No fim de escutares a música, pensa então na tua vida...

Verás que concluis por, que ela se justifica, porque tu és mais feliz agora, que antes de a ouvires - à música...

Momentos de interioridade e paz são coisas de que precisamos para viver, como de ar e água.

Faz acontecer na tua vida belos momentos de fantasia e elevação.

Curte o silêncio e a paz.

Não desbarates nada do que é bom.

- Nem um simples suspiro.

Vive bons momentos.

publicado por mcm às 17:57
link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Maio de 2011

MOMENTOS...

 

Jorge Palma no seu mais espantoso estilo!

- Composição e interpretação sublimes.

Adoro este poema.

Adoro esta música - que remete para o marulhar das ondas na praia...

PS: Hoje deixo só este momento para os visitantes deste meu blog.

Ouçam Palma; a música; o poema; o piano, do Palma...

E bom Domingo para todos e todas.

Bons momentos de descontracção e elevação.

publicado por mcm às 13:48
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Março de 2011

Fica na fossa se quiseres...

 

Há canções que têm o condão de nos dar boa disposição.

- Abanam-nos cá dentro e tudo fica mais suportável, depois.

Esta música é uma dessas, que eu, quando a escuto, fico logo com melhor astral.

Tem um ritmo muito balançado e Michael Bublé faz o meu género... a cantar.

Se gostas de estar de bem contigo, ouve esta música; abana-te o mais possível; manda a crise às malvas.

E, se fores do tipo depressivo, desculpa a minha sugestão.

- Podes continuar na fossa pelo tempo todo que te apetecer. No fundo, a vida só não segue para ti.

Os outros querem curtir, o mais possível, os bons momentos.

publicado por mcm às 18:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Março de 2011

Solidão...

Estou aqui sentada e penso em ti.

- Penso em ti com pensamentos variados.

Vejo-te bem; vejo-te mal; vejo-te longe; vejo-te de longe; vejo-te.

Caminhas; paras; olhas; viras as costas; vens, direito a mim.

E nestes pensamentos variados, que me ocorrem enquanto sentada aqui, chegas-te mais a mim; poisas os teus lábios nos meus; beijas-me com desejo, nos meus lábios oferecidos. Sonho.

Chamam-me para ir fazer o meu exame de rotina; acordo, então, para a realidade:

- Como sempre estou sozinha nos momentos mais difíceis.

Tu és demasiado ocupado para estares ao meu lado.

Sei que, à noite, me perguntarás se tudo correu bem...

- Ao que eu responderei o que realmente sentir nessa altura.

Depois veremos como te sais com o teu egoísmo.

Nestas horas sinto sempre uma enorme solidão. Uma atroz e temível sensação de abandono.

Os meus sonhos são autênticos pesadelos, nestes momentos.

sinto-me: a desabafar...
publicado por mcm às 10:39
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Março de 2011

MOMENTOS...

Tens coisas na tua cabeça que te roubam a paz de espírito? Que te deixam triste e quase em lágrimas?

- Todos temos dias assim!

Por vezes, aqueles que nos rodeiam, infernizam-nos a vida e abusam de nós; e dão -nos de bandeja esses maus momentos.

Se for o teu caso, tenta distrair-te; tenta ser um pouquinho feliz.

Pensando bem não devemos deixar que os outros nos ditem qual o grau de alegria e bem-estar que podemos ter.

Faz tu os teus momentos de paz. Sê feliz... e deixa todo o resto de lado - se puderes.

PS:

Esta música é para ti. É uma música de bom astral.

Usufrui e escuta-a. 

publicado por mcm às 18:03
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Março de 2011

MOMENTOS...

 

Uma canção para sonhar... Quase a raiar a loucura.

Esta música é uma das minhas preferidas desde há muito.

- Desde que Katie Melua a cantou, pela primeira vez, no início da sua empolgante carreira de cantora/compositora.

Alguns anos se passaram, e, entretanto, ela teve um esgotamento... e agora está de volta.

Eu fiquei contente por saber dessa boa novidade.

Um esgotamento é uma espécie de loucura amorfa que nos colca K.O. perante a vida.

PS:

Por hoje ficamos assim:

- Abre o vídeo; escuta a música; ouve o poema...

É uma coisa boa para terminares o teu dia. Espero que gostes e te sintas bem. Não te esgotes a trabalhar sem teres as tuas compensações...

- Momentos de descontracção e sonho, a que todos temos direito. 

Cuida bem de ti antes que fiques à beira da loucura malévola - já que existem formas de loucura saudável que muito aprecio.

tags: ,
publicado por mcm às 17:51
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Março de 2011

Palavras adiadas...

És uma pessoa de palavra fácil? Sabes sempre o que dizer em qualquer circunstância?

Ou, pelo contrário, as palavras que ensaias traem-te e fogem de ti na hora certa?

- Abandonam-te nos piores momentos!

Eu sou uma mistura das duas coisas:

- Tanto posso ser muito assertiva e dizer tudo o que preciso dizer, como, noutros momentos mais limite, as palavras ficam-me presas na garganta e adiadas para sempre... Não me sai, rigorosamente nada daquilo que devia ser dito.

Esta conversa introdutória tem que ver com esta música que escolhi para nós todos.

É um sucesso antigo mas que tem uma melodia muito agradável e que, na letra da canção, fala das dificuldades do discurso nas coisas do amor...

Há coisas que se dizem melhor cantando-as!

Eu gosto de trautear esta canção quando estou numa discoteca e ela passa e o meu par é alguém a quem nunca disse - amo-te!

- Sou uma marota pois dou um pouco de esperança ao dito e depois da música nada mais se passa.

Há que brincar em determinados momentos e aliviar as tensões.

- Achas o mesmo?

sinto-me: brincalhona
publicado por mcm às 18:25
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

Fama...

És uma pessoa pacata? Uma pessoa daquelas que não gosta de qualquer tipo de publicidade?

- Ou, pelo contrário, dás tudo por um minuto de fama! És capaz de te expores até por maus motivos?!...

Eu não sou famosa; não quero sê-lo; não me interessa exposição alguma, embora, por vezes as coisas sejam difíceis de controlar, isto se houver algum motivo que nos escape ao controlo...

Este preâmbulo foi só para te dizer que escolhi esta música para ti.

É uma música muito célebre e que é aqui interpretada pelos galácticos Três Tenores.

- Campeões universais da fama e por muito bons motivos.

São fantásticos e inesquecíveis...

Tem um resto de dia bom. Houve esta música. Passa bons momentos.

Fica bem e felizzzzzzzzzzzzzzzz... Não te preocupes com a fama.

As coisas mais clandestinas são as que dão mais gozo - na maior parte das vezes. 

sinto-me: BANAL...
publicado por mcm às 17:59
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 13 de Fevereiro de 2011

A culpa da «nossa» mangueira...

Através da janela semiaberta contemplo, em sonhos, aquela árvore frondosa, no jardim, aonde era hábito, nas horas de grande calmaria, sentar-me no teu colo.

- Tu encostado ao tronco; sentado; pernas estendidas; abraçando-me, com força e desejo.

- Eu, sentada no teu colo; abraçada a ti; tentando "abraçar"o tronco da árvore, com as minhas pernas; o sol inclemente que teimava em espreitar-nos, por cima da folhagem cerrada da mangueira...; eu, sem me importar com mais nada.

Eram os nossos momentos de ternura e de paixão. Eram também os momentos das confidências; dos desabafos; dos anseios - confessados - cumpridos ou não.

Ficávamos ali por largos tempos, no remanso, debaixo da "nossa" mangueira.

- Por vezes - no tempo delas - uma manga caía aos nossos pés e assustava-nos e metia-se na nossa vida. Nós levávamos-lhe a mal!

A nossa vida, nesses momentos, era a vida do tempo feliz!

- Era o nosso melhor tempo. Foi o nosso melhor tempo.

Depois, numa manhã de Abril, sentimos que a mangueira iria secar; morrer; perder-se...sabe-se lá porquê!

Com ela seca, como iríamos nós ter um outro lugar assim? Aonde? - Questionámo-nos então!

Sei que, quando deixámos essa nossa casa, a mangueira ainda estava verde; cheia de folhagem viçosa; cheia de mangas, até ao cimo e às pontas dos ramos... Porém, nós dois, abandonámos a casa; o jardim; a mangueira; tudo... Foi um pesadêlo!... Termos que deixar a casa e tudo o mais! Fugimos!...

Depois, talvez, por isso, por não termos mais a mangueira para nos acolher, a ternura escasseou; os momentos bons também; deixámo-nos...

- Já tinhas pensado em atribuíres as culpas do nosso fracasso à mangueira? Em vez de as atribuíres só a mim?

Podes pensar nisto por favor? Podes?

As culpas podem sempre ser dos outros, quando não queremos assumi-las!

- Mas a nossa culpa assim não morrerá solteira.

Já não tinhamos a "nossa" mangueira.

sinto-me:
tags: , ,
publicado por mcm às 13:34
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

Grande música...

Gostas de grande música? Daquela música que se ouve, gerações e gerações, antes e depois de nós?

Eu amo música clássica - alguma.

Por vezes até penso assim:

- Se após a minha morte cá voltasse, muitos anos depois, gostava de ver campos em flor e assistir a um grande concerto de música clássica... Seriam duas coisas eternas e que para mim aconteceriam como se nunca tivesse partido daqui tempo algum.

Bem! Não ligues às minhas desconversas e escuta este momento de grande música.

Evade-te e não te preocupes comigo nem com mais ninguém.

Desfruta este "luxuoso" momento, pois que o mereces, de certeza.

Fica bem e trata-te como uma coisa preciosa.

Não concedas à vulgaridade todos os teus momentos.

sinto-me: BANAL...
publicado por mcm às 18:07
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Fevereiro de 2011

MOMENTOS...

Olho-te; olho o sol.

- Vejo-te todo resplandecente.

Interesso-me pela tua Luz.

Chego-me para ti e a ti.

- Aproximo-me de tanta luz.

Não enfrento bem, de frente, "coisa" tão intensa!

Cerro os meus olhos, com força.

Esqueço-me que é dia; que há sol; que te quero.

Adormeço mesmo sem dormir.

A luz foi-se, de vez.

Acordo deste sonho feito de sonhos de Luz.

- Sonhos; sonhos; muitos sonhos.

Acordo!

Abro a janela; contemplo a Primavera anunciada.

É dia. Um dia inteiro para mim à minha frente...

Feito de Sol; enfeitado de Primavera.

Grandes momentos; felizes momentos - de Luz; sonho; sonhos...

sinto-me: a brindar a todos vós...
publicado por mcm às 12:53
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Que triste!

. Viagem

. Toda a felicidade na tua ...

. VER, PF.

. Intimidade e silêncio...

. Momentos perfeitos...

. O meu desejo...

. Uma "coisa"...

. Homem perfeito...

. Momentos perfeitos...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!