Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

«O diário de Rita»...

...

(continuação)

Rita está saturada de certas coisas, más, na sua vida.

Não que Rita seja fatalista ou queixinhas! Antes pelo contrário. Se Rita tem problemas, não fala neles e não aborrece ninguém com as suas agruras.

No entanto, Rita tem dias em que sente o mundo todo a desabar-lhe em cima. Quando menos espera, há-de bater-lhe à porta o «Sr. Infortúnio».

- Entra, senta-se e, põe e dispõe da vida de Rita. Transforma-a num caos. E Rita assiste e aguenta.

- Pelo menos e até hoje, aguentou sempre.

Rita até sabe distinguir lamúrias de problemas. Raramente se lamuria ou se queixa. Os problemas, tenta superá-los, para continuar com vida  equilibrada.

Mas, de vez em quando, Rita sente-se com vontade de deitar a carga ao chão. Ir ao tapete! Sente uma atracção quase obsessiva, pela posse e total controlo, do seu futuro... Mas sabe não ser isso, do domínio do possível! Sente uma enorme vontade de ter um tempo largo com uma vida sem agruras:

- Habitar «uma planície» somente refrescada por brisas suaves, sobrevoada por aves do paraíso e iluminada por estrelas distantes, mas protectoras.

Quando Rita faz um flashback da sua vida, tem a noção exacta de, quantas cargas exageradas de problemas, já suportou nos seus frágeis, mas atléticos, ombros de mulher.

Sem dúvida que daria tudo para não ter tido que enfrentar os quatro/cinco episódios trágicos que, ao longo dos seus anos, teve que viver; embora todos espaçados no tempo... foram muito determinantes e traumáticos.

E Rita viveu-os e teve que superá-los e teve que continuar a ser, a Rita que todos conhecem...

E é isso que faz com que, de vez em quando, Rita sinta que precisava de habitar, por um tempo, «um belo conto de fadas» onde fosse a Princesa de serviço e onde ficasse só e feliz para sempre - administrando o seu «Principado»  como bem entendesse...

Rita de vez em quando acha-se muito heróica. Outras vezes, sente-se uma vítima das circunstâncias...

Hoje mesmo, Rita não sabe como se acha. Vive neste exacto momento essa inquietante e sistemática dúvida:

- Heroína à força ou, vitima das circunstâncias?

...

Continua

sinto-me: lúcida
publicado por mcm às 11:00
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!