Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Condenações e culpa...

Já te sentiste dividido/a e a não saberes que partido tomares, em determinado assunto?

A mim isso acontece-me muito.

Acontece-me, em especial, nos assuntos que envolvem avaliações, sobre comportamentos chocantes e imprevistos do Ser Humano.

Por exemplo, neste caso brutal que ocorreu com o Jovem modelo e o Cronista social, eu dou comigo a não conseguir "condenar" o jovem. Lamento que ele tenha procedido daquela forma, mas sou levada a pensar que ele não é um ser criminal e abominável... Um vigarista e um golpista.

Sinto-me chocada, mas sinto-me ambém como uma Mãe que rejeita que um filho seu, normal, cometa um crime. Não se consegue compreender nem aceitar.

Olha, para espairecer, estive a ouvir esta música, que te deixo e que Caetano Veloso cantou, de uma forma impressionante, num filme que contava a história de uma paixão por uma pessoa que estava em coma.

É como eu vejo o futuro deste jovem:

- Ele estará ausente, a partir de agora, da festa que é a vida, para um jovem de vinte anos. Assiste mas não participa.

Esta música é cantada por um dueto muito feliz:

- Júlio Iglésias e Nana Mouskuri.

Não percas, e ouve até ao fim. E pensa nestas coisas das "condenações"; da culpa; das penas.

A vida nunca é uma linha recta. Os atalhos, alguns, complicam tudo.

sinto-me: confusa...
tags: ,
publicado por mcm às 18:31
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Luisa a 11 de Janeiro de 2011 às 18:19
Olá,
Bom Ano!

Triste todo este caso. Deixa quakquer cabeça pensante muito confusa.

Concordo consigo. A vida é feita de atalhos e de cruzamentos e de encuzilhadas. Alguns desses cruzamentos são de alto perigo e até têm sinais de Stop ou de Proibição. Algumas encruzilhadas são armadilhas e não têm sequer sinais de aviso.

Foi pena este jovem ter dado com um cruzamento de Alto Risco!
Foi pena a vida não lhe ter posto apenas estradas paralelas para ele seguir.

Sinto uma imensa compaixão por ele.

Um beijo amigo para si minha AMIGA

L
De mcm a 11 de Janeiro de 2011 às 18:52
Olá L.
Um grande Ano Novo pr si.
Claro que estas coisas perturbam quem vê mais alguma coisa pr lá do obvio.
Todos os dias nos levantamos, traçamos um plano pr o dia, e, por motivos que nos escapam ao controlo, o plano altera-se e foge-nos do controlo.
Qnd as coisas são simples, resolvem-se com imprevistos e tudo.
Mas o pior é qnd as coisas são mt complicadas.
Aí fica tudo nas mãos de Deus ou do Diabo.
Gostei que viesse "aqui".
Um beijinho mt Amigo e fique bem e em paz.
C.

Comentar post

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!