Segunda-feira, 6 de Dezembro de 2010

Louco por mulheres...

Chegaste, nesse dia, mais cedo do que combinaras; e disseste-me assim:

- Vem cá! Quero dizer-te um segredo.

Eu fui. Sentei-me no teu colo, como era meu hábito, fazê-lo; coloquei as minhas mãos na tua face; dei dois beijos, em cada um dos teus olhos; disse-te:

- Sabes que sou louca por segredos! Conta-me tudo,.

E tu, com voz pausada e vocabulário erudito, contavas-me da tua infância e dos teus sonhos de então...

Dizias-me que éreis cinco irmãos; que éreis quatro rapazes; que a rapariga morrera jovem; que quando fizeste dezassete anos compraste uns sapatos, que te ofereceste, a ti mesmo; que nesse dia foste ao cinema, sozinho.

Contaste-me que eras uma aluno brilhante; que aos dezoito estavas no Técnico, em Lisboa; que tinhas o vício de estudar; de desvendar os porquês das coisas.

Contaste-me que em garoto fazias "bombas" em latas de sardinhas velhas; que explodias essas bombas; que um dia "mandaste" o galinheiro da tua avó, literalmente, pelos ares. E foste castigado; sovado; mas não te emendaste.

A tua curiosidade levava-te para o lado mais secreto das coisas; e aos doze anos "inventáste" um aparelho de RX; e, coisa fantástica, conseguiste que algumas "moçoilas", lá da terra, lá fossem "ser radiografadas"...

E aí entrava a tua perversão: tu, explicaste - me como as "vias" por dentro.

- Vias-lhes as maminhas e elas não o sabiam!

Eu espantada, interpelei-te:

- Mas tinhas essa consciência? Sabias que estavas a espreitar o que não devias?

E tu, com ar absolutamente convicto, e olhos a brilhar de lascívia, afirmaste:

- "Claro! Era miúdo mas não era parvo e já era louco por mulheres...

Como tu sabes, "Pequenina", a minha maior fraqueza são as mulheres. Não lhes resisto!"

E abraçavas-me, muito; beijavas-me toda; atiravas-me para o chão; rebolávamos por aquele chão...

- Tu em cima ; tu por baixo; tu ao lado; tu atrás; eu em todo o lado.

Fazíamos um sexo fantástico! Um sexo dos deuses!

Nessas horas eras como uma criança, insaciável - na descoberta da verdade dos corpos, possuídos pelo desejo.

E eu, que te admirava e admiro - pela tua brilhante inteligência; e ingénua, (porque pura,) forma de estares comigo - dava-te tudo o que de melhor tenho em mim.

- Dava-te a minha Alma, grande; entregava-te o meu corpo, bonito - naquela carpete de seda, que era o nosso chão das delicias...

Fomos, francamente, dois amantes - sinceros e saciados.

Fomos um do outro sempre e quando o quisemos.

Nem tu, nem eu tinhamos barreiras ou limites, ao prazer que era, o estarmos nos braços um do outro, a desfrutar das maravilhas do Desejo.

- O Desejo era a nossa "constante" comum.

Era o Tempo áureo do nosso desejo; do Desejo.

sinto-me: a brindar aos homens...
publicado por mcm às 10:31
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!