Quinta-feira, 2 de Dezembro de 2010

O suícidio rondava-me...

Eu tinha dias em que desacreditava de tudo; e de ti.

Nesses dias eu não me recomendava a ninguém:

- Ficava triste; ficava irritadiça; ficava feia; ficava sem vontade que me tocasses, nem que fosse, só  com uma única palavra!

E nesses dias de completa falta de sentido, para mim, eu por vezes, pensava em desistir da vida:

- Pensava em morrer; fechar os olhos; fugir para sempre, de mim e de ti.

Depois, aos poucos, voltava a sorrir; a gostar de ti; a deixar que gostasses do meu corpo; a gostar que tocasses no meu corpo; e fazíamos amor...

E nesses dias - depois da minha ida ao inferno - em que fazíamos amor, o sexo era melhor.

- Era melhor porque me sabia a redenção! A vida nova.

Eu achava que me tinha salvado, mais uma vez, de querer partir, para sempre, deste mundo sem sentido:

- O suicídio rondava-me, a minha porta, constantemente. E ainda hoje não sei se, era porque te queria; ou porque queria que te fosses embora, para longe de mim. Para muito bem longe de mim!

Mas uma coisa eu sei:

- Depois de que te foste embora, da minha vida, aos poucos eu deixei de ter esses pensamentos sinistros e auto-destrutivos.

Hoje em dia durmo noites inteiras em que não sonho contigo; em que não sonho que morri; em que não sonho sequer com nada.

E agora, até tenho sonhos acordada, durante alguns dos meus dias.

- Aos poucos vou-me esquecendo de ti.

Aos poucos vou de novo gostando da Vida e de mim. Vou sonhando outra vez.

sinto-me: a contar coisas...
publicado por mcm às 10:39
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 2 de Dezembro de 2010 às 12:06
Bom dia!
Continuo sem entender porque não tem mais participações.
A sua escrita é das mais inteligentes, o seu guião é dos mais bem escritos.
Ontem, nos dois últimos parágrafos do seu post, acerca de Deus e do Daibo, "lamentava", mas só aparentemente, a falta de reconhecimento de uma "relação estável", pode não querer dizer exactamente uma relação feliz, mas uma relação "de paz", porque já não desperta a atenção para quem "está", e que por isso a maioria das pessoas que "vivem nela ou dela", se deixam desligar até ao bocejo e ao sono, como se já só estivessem "a viver" em família monoparental.
De seguida, brinda-nos com dois expoentes da nossa cultura, dois dos mais inteligentes, Veloso e Tê, e hoje, depois do bocejo e sono mal dormido de ontem, inconformada, "mata" o passado "físico" que já não a acompanhava, que não a "sonhava e requeria", para voltar a sonhar!
Caramba, mas que coisa mais bonita e mais inteligente, como é possível não comentar?
Pois, Clo, um corpo, só um corpo, por muita energia que possa ter, por muito "bonito" e "apetitoso" que possa ser, sem "sentimentos, sem atenção de quem está connosco", é um estorvo.
E do que nós menos precisamos na nossa vida, para sermos felizes, é de adornos, por muito encantadores que possam parecer-nos, "nas montras"!
Parabéns!
Continue, porque eu cá estarei, para me deliciar com a sua escrita.
Alex
De mcm a 2 de Dezembro de 2010 às 12:53
Bom dia, Alex;
Mais uma vez me deixou desconcertada cm as suas elogiosas palavras.
Mas aquilo de que mais gostei, foi da sua interpretação dos meus textos.
Eu gosto deste "guiâo" que sigo. Dá-me espaço pr ser muito abrangente, tanto nas ideias como na "palteia" que faz o favor de me ir seguindo.
Eu escrevo estas coisas, porque sei que mtas pessoas as lêem e se sente mais entendidas no fim. Sentem que algures, alguém, já viveu qq coisa igual ou semelhante ao que eventualmente lhe aconteceu.
Eu sou uma "curiosa" encantada pelo Ser Humano.
Em relação aos comentários eu até gostava que comentassem... Mas tb acho que é dificil falar e principalmente escrever , sériamente, sobre as coisas.
De qq forma entram neste meu blog uma média de cento e tal visitantes, ao dia...
Eu fico mt agradecida porque sei que há pessoas que se sentem bem quando me lêem.
- Isso é mt bom. Dá consistência ao meu objectivo.
Para si eu mando um agradecimento sincero:
- Por me ler; por me seguir; por comentar com propriedade e sem constrições os meus "escrvinhados".
Fique bem e volte sempre que o desejar.
Saudações mt cordiais
Clo

Comentar post

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!