Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010

Sem desejo o sexo é tragável?...

Eu gostava de amar. Esforço-me!... Mas não consigo.

Quando fomos viver juntos eu estava numa muito má fase, da minha vida. As coisas estavam a fugir-me ao controlo. Estava em ruptura com o Mundo. Estava a fugir de mim não sei para onde!

Tu apareceste, nessa minha conturbada etapa da vida, e, parecias-me o «meu» oásis. Vi em ti uma porta para fugir à minha total depressão.

- Sim, eu estava a degradar-me - física e mentalmente - e o motivo era a «minha» depressão, pós-menopausa. Estava como uma hortense no Outono - seca e tentando resistir à intempérie...

- Nada era fácil para mim.

Tu, insisto, apareceste nessa altura da minha vida, e disseste-me que eu era uma mulher bela; apetecível para qualquer homem, de bom gosto. E eu arranjei, nas tuas maviosas palavras, o alento necessário para "espreitar" a felicidade.

Durante uns tempos mantivemos uma época de namoro, em que as coisas me pareciam quase normais:

- Os teus beijos pareciam-me bons; os teus galanteios também; o sexo que eu fiz e fazia contigo, aceitável; a tua presença, agradável.

Tu pareces um homem bom! E é aí que eu entro em conflito existencial, comigo mesma:

- Sei que não te amo. Mas preciso de ti ao pé de mim.

Preciso de ti, porque és o único que ainda me diz que me deseja; me quer; me acha interessante.

- Mas, se fosse outro qualquer a dizê-lo, quem sabe, eu reagia de uma forma igual?

No fundo o que eu não aceito é a solidão.

Não considero honesto, este meu comportamento. Penso para comigo que estou a ser oportunista, em te aceitar na minha vida, nestas circunstâncias.

- Tu dás sinceridade; eu dou o que posso, mas não chega. Ainda assim tu dizes-me que me amas e me queres para sempre!

- Eu gostava de te amar! Mas não consigo desejar-te.

Quando isto me acontece, como posso dizer que te amo?!...

- Sem desejo há amor? Sem desejo o sexo é tragável? Suportável?

Acho que vou voltar a deprimir-me!

Necessito de ti. Mas não te amo.

Que fazer?

Tenho momentos muito desvairados quando penso neste assunto. Momentos de fatal e previsível solidão.

sinto-me: mt animada...
publicado por mcm às 10:53
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!