Domingo, 31 de Outubro de 2010

Queriamos ter um filho. Nâo conseguimos...

Quando nos juntámos, para fazermos uma vida em comum, entre os muitos sonhos que queríamos concretizar, havia um que era o mais especial:

- Ambos queriamos ter um "filhote" e estavamos na idade própria para o termos.

A vida de ambos era estável e estávamos apaixonados, muito, e muitíssimo, um pelo outro e pela Vida. Queríamos gerar mais vida. 

Ás vezes, quando tínhamos mais tempo, nesses anos de vida conjunta, programávamos um fim-de-semana em qualquer sítio bonito...E tu, dizias-me sempre assim:

- Este fim de semana vamos "fazer" o "nosso bebé"!

E eu dava-te a mão; e dávamos beijos de ternura; e na cama fazíamos um sexo muito empenhado, sempre, com o objectivo na mira do nosso grande sonho se concretizar nesse instante.

O tempo foi passando; os lugares foram muitos; o "filhote" nunca aconteceu.

Começámos a desesperar; a fazer desse sonho a nossa obsessão; e demos cabo de tudo entre ambos.

Depois de muitas tentativas, falhadas; muitas consultas para ver "qual dos dois tinha algum problema"; depois de muitas análises de esperanças fracassadas - depois, também nós fracassámos, como casal.

Aos poucos fomos ficando infelizes; ansiosos; o sexo já não fluía entre ambos; separámo-nos.

Nunca falámos, um com o outro, do real motivo da nossa separação.

No entanto eu sei e tu sabes, que foi o "nosso sonho" negado aquilo que nos separou.

Eu continuo a gostar de ti. Mas continuo a saber que não conseguimos ultrapassar o nosso desaire, no que era primordial e era o "Maior Objectivo" para ambos. Nas minhas horas de tristeza concluo sempre da mesma maneira:

- A vida é tão pouco generosa para alguns!...

Acho que se tivessemos tido um filho seriamos felizes, com ele, para sempre.

- Assim, é como tu e eu sabemos...

As coisas não são fáceis.

sinto-me: a dizer coisas...
publicado por mcm às 12:23
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!