Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Eu estava deitada...abandonada em cima da cama.

Eu estava deitada, triste e a chorar, abandonada, em cima da nossa cama.

Tu entraste no nosso quarto e, fizeste-me uma festinha, meiga, na face molhada pelas minhas lágrimas; e, com voz calma e reconfortante, perguntaste-me:

- Porque choras, "minha pequenina"?...

Eu, chorando agora, ainda, mais alto e com mais intensidade, respondi-te:

- Uma nuvem negra cobre-me por inteiro. Sinto-me arrasada de tanta tristeza. Hoje penso na morte! No absurdo que é a morte! E isso deixa-me confusa; triste; numa depressão do tamanho de mim.

Tu, que eras uma pessoa doce e muito amorosa comigo, beijaste-me e deitaste-te ao meu lado, a dissertar, em tom humorístico- de leveza descontraída - sobre o tema trágico que me apoquentava...

Falavas assim:

- Quando eu morrer quero que a "minha pequenina" não chore; quero que pense em mim e na maneira intensa como eu a amava; quero que nessa hora recorde o belo e estonteante sexo, que fiz, com ela, neste exacto momento!...Agora mesmo...

E, saltaste-me para cima, começaste a dar-me beijos e beijos e beijos; eu comecei a beijar-te; a beijar-te; a beijar-te, e, ninguém mais ali chorou, se deprimiu, se lembrou de que a morte existe, para todos num dia qualquer, aleatório.

No fim de tudo e mais tudo o que ali se passou, rematáste assim:

- Acabaste de fazer sexo com um morto vivo; escreve no meu epitáfio o seguinte:

"Amou muito. Tanto, todos, e  de tal forma que que se esgotou. Partiu para sempre de barriga cheia."

Agora que te recordo, penso em como tu me fazias bem a tudo:

- Ao corpo e à alma. Nas alegrias e nas horas tristes!

Sinto muito a falta do teu sentido de humor.

- Tão libertador e tão oportuno.

Sinto falta do teu amor e das nossas cenas eróticas que acabavam sempre em actos consumados de bom sexo.

Sinto falta de tudo contigo.

Hoje evado-me assim, sem ti, mas com a tua doce e inspiradora memória.

Momentos sinceros e de evasão a dois. 

publicado por mcm às 10:22
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!