Sábado, 28 de Agosto de 2010

Reciclei o meu coração...

Durante tantos anos que permanecemos juntos, o meu coração foi sofrendo alterações, de funcionamento...

- Até que morreu e se transformou numa pedra!

Quando te conheci o meu coração era jovem; batia em ritmo de corredor de fundo!

Depois e durante algum tempo ele deixou de bater, assim, e começou a ser um órgão que funcionava em desregulação total...

- Parecia enlouquecido!

Se estávamos alegres, ambos, ele era um coração, de novo, jovem;

Se estávamos, ambos, tristes, o meu coração ficava acelerado e com arritmias;

Se tu me desconsideravas, como habitualmente o fazias, ele ficava em ferida e a sangrar;

Se tu me mentias, mais uma vez, ele ficava em gelo, parado; e nem batia, sequer;

Se tu fingias comigo um sexo que era quase um remendo de fim de semana, ele ficava morto; e eu com ele morria, também...

Quando nos deixámos o meu coração era, literalmente, matéria inerte; indisponível para amar.

Aquele coração jovem e de manteiga que eu tinha, quando te conheci, reduziu-se a uma pedra de basalto; sem sinais vitais.

O tempo foi passando e o meu coração morto, cansou-se e ressuscitou!

Hoje que te recordo como se fosses uma paisagem lunar - antes de a NASA lá descobrir zonas geladas - o meu coração de pedra reciclou-se e já volta a bater:

- Emociona-se com as coisas belas e simples; vibra com a paixão que sinto pela vida, que me parece emocionante, outra vez; bate célere se corro para os braços do meu novo amor; enlouquece e bate desenfreado quando nos envolvemos em carícias,...

É um órgão novo e com boa saúde.

Hoje que as coisas se passam assim, como aqui te conto, sinto-me a acreditar e a confiar, nas pessoas boas, que me querem e gostam de mim.

Como vês, de um coração morto, eu ganhei forças para lhe voltar a insuflar vida.

E é por isso que te conto estas coisas e te comunico de que, com algum esforço e algum tempo, reciclei o meu coração.

Que os meus gostos; os meus sentimentos; as minhas paixões; os meus sonhos; os amores e as evasões estão de volta, para mim.

Que o meu coração morto, já não é de pedra...

sinto-me: a contar coisas...
publicado por mcm às 13:20
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!