Segunda-feira, 5 de Setembro de 2011

As "coisas" do Amor...

Esta música é uma música que fala sobre as coisas do amor...

Todos nós temos experiências sobre este tema tão universal.

Mas quando alguém canta uma música destas, com este sentimento na voz, as coisas do Amor ganham outro sentido.

Hoje deixo-te este tema para pensares:

- Quantas vezes já te excedeste por amor?

Te excedeste no Bem; te excedeste no Mal?

Pensa nestas coisas. Fica amando o mais que souberes e conseguires.

publicado por mcm às 11:45
link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Setembro de 2011

Vertigem...

Havia dias em que me fazias tão, tão, feliz que até me doía a cabeça...

E eu dizia-to.

Dizia-te que eras o meu amor; que eras o meu amado; que só te queria a ti; que eras o "meu" homem.

E tu, vaidoso, como eras, ficavas todo empolgado e davas-me o que de melhor tinhas para me dares:

- Davas-me muitos beijos; davas-me a mão; passavas-me a mão; e levavas-me ao céu!

E no céu contigo eu era uma mulher a sério!

Dava-te tudo também.

Dava-te os meus beijos; os afagos; o meu corpo; e sexo...

Foram tempos de muita paixão e sexo!

Foram os "nossos" tempos de vertigem. A vertigem da paixão sem limites.

tags: ,
publicado por mcm às 18:11
link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Setembro de 2011

Mentiras...

 

Já viveste com alguém que te mentia?

- Pois é! Isso é muito comum...

Mas o importante é sabermos detectar a mentira e os que mentem e sermos capazes de viver sem sermos enganados...

Isso é um jogo muito difícil de jogar, especialmente, quando estamos muito envolvidos com aquele que nos mente...

Esta música - fado - fala destas coisas.

E é uma música que também é muito bem cantada e te leva a "passear" pelos bairros típicos de Lisboa.

Neste fim de dia espero que abras este vídeo e escutes esta música na voz especial de Aldina Duarte.

Fica bem e sem mentiras.

A mentira destrói qualquer relação.

publicado por mcm às 21:03
link do post | comentar | favorito

O despeito faz-nos maus...

Nos meus momentos mais lúcidos sei que jamais me amaste. Sei-o.

Mas sei também que eu te amei e jurei a mim mesma que, com o tempo, tu também me amarias!

E por isso eu te dei tudo o que de bom tinha; tudo o que de bom inventei para te dar; tudo o que de mau consegui para te seduzir e conquistar.

E desta forma quase brutal - porque obsessiva - eu te dei o meu amor e todo o meu ódio.

Dei-te o meu amor quando te beijava; te seduzia; te levava para a cama e aí fazias sexo comigo. Nessas horas, do teu desejo e de sexo, eu imaginava que sim: que dessa vez me amaras de verdade!

E fomos sendo sempre díspares um com o outro:

- Eu tentando converter-te ao meu amor; tu aproveitando-te da minha louca paixão e do meu corpo, que te agradava.

Quando soube, porque vi, que tu te agradavas de várias mulheres, ao mesmo tempo e aeito, odiei-te. Soube que perdera a minha "guerra" pelo teu amor.

E foi quando comecei a odiar o teu SER todo.

Sei que fiz coisas contigo, entre elas sexo, desonestas. Sei que fingi para ti o que não era. Sei que te difamei por onde me apeteceu...

Mas eu gostava muito de ti... e, depois, passei a não gostar!

É assim a vida dos mal amados. O despeito faz-nos maus.

sinto-me: lúcida
tags: , ,
publicado por mcm às 12:34
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Setembro de 2011

Beleza...(2)

Nada melhor, para acabar bem o nosso dia, que uma bela música...

Eu penso que os visitantes deste meu blog poderão achar esta música bonita e muito motivadora!

Além de tudo isto, a sua intérprete, também é muito "beautiful".

Um momento de alguma beleza para todos vós, então.

Fiquem muito bem. Lá se acabou mais um dia!

tags: ,
publicado por mcm às 21:39
link do post | comentar | favorito

Acabou como acabou...

Acontece-me, de vez - muito - em quando, recordar-te por coisas boas!

Tu sabes muito bem que a nossa paixão terminou mal...

Mas quando ainda hoje te lembro, pelo lado do bem, eu sinto que podíamos ter sido, mais tempo, amantes.

Lembro-me de que, enquanto não te meteste na minha proximidade; impondo as tuas regras e anarquias, eu gostava de ti e corria para os teus braços sem fantasmas nem hesitações!

Gostava das tuas longas conversas sobre tudo e nada, mas que contigo tinham sentido. Gostava das tuas mãos de poeta. Gostava das tuas carícias com mãos de poeta. Gostava dos teus beijos todos, e em toda a parte. Gostava do sexo que sabias fazer comigo. Gostava muito desse sexo!

Como vês acho que tínhamos muito por onde nos mantermos apaixonados!

Mas a tua convivência na minha intimidade estragou tudo:

- Estragou a conversa; estragou as tuas carícias; estragou os beijos; azedou o sexo.

Tudo poderia ter sido diferente, mas acabou como acabou - mal. Tudo muito mal.

-  A paixão cedeu o lugar à indiferença e à tristeza. 

Quase ao esquecimento.

tags: ,
publicado por mcm às 11:19
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!