Segunda-feira, 6 de Junho de 2011

Em farrapos...

Davas-me, por vezes, algumas esperanças e coragem.

Quando me vias acabrunhada e sem vontade de viver, tu sempre ficavas ao meu lado; a dar-me carinhos; a tirares-me do abismo em que entrava, sem me aperceber, e, de onde não arranjava forças para sair, sem a tua ajuda.

Mas tu eras o meu Homem! Eras o meu anjo; o meu médico; o meu curandeiro; o meu amor.

Eras tão bom e tão versátil, nessas horas do desespero e dos abismos, que mesmo quando te dispunhas a fazer sexo comigo, (toda em destroços), era para me salvares. E esse sexo, nessas horas em que me encontrava na "lama," era um sexo salvífico; um sexo redentor.

E nalgumas das vezes, após me amares, de todas as formas, eu prometia-te que não queria continuar assim:

- Desfeita e em farrapos.

E levantava-me; arranjava-me; embelezava-me; e, sentia-me Mulher, por alguns dias seguidos...

Depois a minha dor voltava. E eu voltava para os braços do "meu" sofrimento interior. E tu voltavas a ser bom comigo...

Um dia cansaste-te.

- Passaste a ignorar a situação. Passaste a ignorar-me. Foste-te embora.

Não te recrimino. Eu não te recrimino, nem por isso nem por nada.

sinto-me: mt animada...
tags: ,
publicado por mcm às 11:04
link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Junho de 2011

Devastada...

 

Eu olhava-te e via - julgava eu - o fundo da tua Alma!

E imaginava coisas, todas belas, contigo.

E dessas coisas imaginadas, algumas, nós tivemos...

- Foi bom o que me déste do que era teu!

Foi bom, especialmente, o sabor dos teus beijos; o sabor da tua pele; o teu peito esmagado contra o meu.

Foi bom, sobretudo, o apelativo sexo que sabias dar-me de vez em quando.

Um dia, olhei-te e vi um Ser diferente.

A tua Alma, passou de azul céu a negro intenso.

- Fiquei confusa e perdi-me de ti até hoje.

Sempre te disse que tenho medo do escuro. Fiquei e estou devastada.

Coisas que acontecem a quem confia.

tags: , ,
publicado por mcm às 13:50
link do post | comentar | favorito
Sábado, 4 de Junho de 2011

Lindo até mais não...

 

Lindo; arrebatador; fantástico, e, todos os mais adjectivos, valorativos, que se quiser...

E é por estas, e outras como estas, que eu amo música.

- Quase toda a boa música - independentemente do género musical e da voz.

Importa -me que seja boa música e só... E mais nada.

tags:
publicado por mcm às 18:29
link do post | comentar | favorito

O prazer é confuso?

A tua pele fundiu-se na minha pele...

- Somos, agora, um só!

Não te distingo do meu Eu; não te distingues de mim, em nada.

Chegaste-te; foste entrando; tanto e tão profundo; foste-te fundindo, e, entrados no Céu não sei aonde começas tu e aonde termino eu!

- Gerou-se uma confusão de seres...

E foi santa e santificada a nossa noite.

E foi dos anjos o nosso amor.

E foi do diabo o sexo que alcançámos.

- Foi de Deus também.

E de lá, do Céu dos anjos; do céu dos deuses; do céu do diabo, não regressámos mais.

Estamos neste limbo! Entre várias opções de rumo, sem saber qual tomar.

O prazer é confuso?

- Responde-me tu.

sinto-me: com flores nas ideias...
tags: ,
publicado por mcm às 13:03
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

Passado...

 

Estás-te nas tintas para o teu passado?...

- Não lamentas nada de nada?

Convém que sim! Convém que coabitemos com os nossos erros; os nossos prazeres; com as nossas memórias, boas ou más...

- E que aprendamos com elas; e que cresçamos como seres humanos quando erramos.

Convém que não enjeitemos nada do que nos diz respeito.

PS:

Esta música é para ti.

É uma música icónica. Representa para nós todos um pouco de arrojo e impossibilidade.

Edith Piaff foi uma heroína trágica. Sobrou a sua voz e a sua memória.

Nós somos todos uma espécie de "Piafs"...

tags:
publicado por mcm às 19:12
link do post | comentar | favorito

Atracção...

Logo, lá mais pela tardinha, telefono-te.

Dir-te-ei que te quero, comigo, esta noite.

Dir-me-ás que sim, que também quererás estar ao pé de mim - a noite toda e os dias seguintes e toda a tua vida!

E então, eu, embevecida e crédula em ti, voo ao teu encontro; abraço-te forte; beijo-te com paixão.

E vamo-nos para a "terra prometida". Para o lugar aonde tudo se passa...

- Daremos mais beijos; faremos sexo tórrido; sexo caliente; sexo abrasador!

Arderemos ambos, na fogueira da nossa atracção!

Àmanhã, tal como das outras vezes, teremos um dia normal.

- Como se essa paixão erótica, que nos acalentou, a noite inteira, se tenha evaporado por magia... e nada de nada, dela, tenha deixado de si, atrás.

É sempre assim, connosco. Consumimo-nos, inteiros, a cada noite de encontro.

sinto-me: on...
tags: , ,
publicado por mcm às 10:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

Fim de dia...

Já te aconteceu estares com alguém, a pensares em outro alguém?!...

- Aconteceu? Não ligues.

Somos, por vezes, atraídos pelo desconhecido; o impossível; o que não é nosso.

Aí surgem as "aventuras," perigosas e "pecaminosas" que, qualquer pessoa, que não se cuide e previna, pode viver.

Bem! Esta música fala dessas coisas e de outras.

A voz de Amália é intemporal e única.

- E, no Amor, há que arriscar.

O amor de quem não gostamos só nos pode incomodar.

Quando não estamos satisfeitos olhamos em redor e as coisas acontecem...

PS: Abre este vídeo e escuta esta música. Um grande momento para o teu fim de dia.

Já é a segunda vez que posto esta canção neste meu blog. Gosto, imensamente.

tags: ,
publicado por mcm às 18:18
link do post | comentar | favorito

Exagero...

Amo-te!

- Nunca te esqueças disto, e, de todo o bem que me fazes...

Sou uma grande louca, por ti!

Já te disse, várias vezes, que dava a minha Vida, se tu precisasses, para te socorrer; te fazer feliz.

- É um exagero, dirás!

No entanto nessas horas em que o afirmo é o que sinto.

Fazes-me bem a tudo.

- À minha Alma; ao meu corpo; ao meu desejo de ti; ao meu desejo de prazer.

Já tivemos as nossas desavenças; os nossos desencontros.

Jamais nos deitámos zangados; jamais negámos sexo um ao outro; jamais fingimos prazer que não sentíamos, quando fazemos sexo. Jamais!

Esta nossa boa Vida é para manter. É para cuidar. É para sempre.

- Não achas o mesmo?

tags: ,
publicado por mcm às 11:14
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Junho de 2011

Prémio merecido...

 

Nina Simone cantando Leonard Cohen...

Há dias assim; de coisas belas, apenas.

Hoje, Cohen foi distinguido com um importante prémio literário:

- Prémio Principe das Astúrias.

Sem dúvida que ele é merecedor.

Amo a sua música. Mas os seus poemas são sublimes.

Que a inspiração nunca lhe falte.

A Poesia existe para nos fazer os dias mais fáceis; mais difíceis; mais lúcidos.

sinto-me: eu...
publicado por mcm às 18:21
link do post | comentar | favorito

Perdemo-nos...

Lembras-te de mim? De quando eu era uma "garota"... tal a Felicidade que me davas?...

Hoje recordo-me de ti nesses dias!

- Eram, nessa altura, quase todos.

Vivia, numa euforia maravilhosa, ao teu lado. Éramos almas gémeas, nas brincadeiras; nos temas das conversas; no "um diz mata, e o outro esfola-se"...

E tínhamos tempo para nós!

- Tempo para amar; tempo para brincar; tempo para sexo, compensador; tempo para as evasões.

Foram esses os nossos melhores momentos de sempre.

Hoje em dia, embora jovens, ainda, sentimo-nos uns velhos, ao lado um do outro.

O nosso amor murchou. Já não conseguimos ser crianças, em nada; em dia nenhum. Nem em pensamento.

Estamos ambos sérios o tempo todo. Nada tem graça. Nada "mexe" connosco.

Perdemo-nos um do outro, não sei aonde!...

sinto-me: a divagar...
tags: , ,
publicado por mcm às 11:04
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!