Sábado, 18 de Junho de 2011

Acreditas no Amor?

És daqueles que não acreditas no amor?  És daqueles que não tens fé nas relações a dois?

Isso acontece, mas há sempre uma altura em que deixamos de pensar assim.

Um dia, sem darmos conta nem sabermos como, damos connosco em sobressalto e com medo de que alguém que não julgávamos amar, nos deixe, ou não venha... e, nessa hora constatamos que estamos presos, nas teias do Amor.

PS: Esta música fala destas coisas. É uma música muito especial, cantada por um grande cantor que nem sei se ainda é vivo...

Delicia-te a ouvir Nicola Di Bari e acredita no Amor. 

tags: ,
publicado por mcm às 17:38
link do post | comentar | favorito

Trabalho conjunto...

Hoje dividimos tarefas:

- Tu amas-me e eu assisto.

Amas-me a sério; como eu gosto; da forma arrebatada como eu te costumo amar, quase, sempre.

Hoje quero ver do que és capaz, sozinho.

Fazes o almoço; arrumas a cozinha; improvisas nas ocupações de lazer para fazermos juntos o resto da tarde.

Lá mais pela hora do jantar levas-me ao teatro; e depois vamos dar uma volta pelos arraiais de Lisboa...

Quando voltarmos, tarde e às horas que nos apetecer, faremos sexo e amor e sexo e amor.

Nessa hora não dividiremos "tarefas". Será um "trabalho" conjunto e com benesses mútuas.

Sabes muito bem que te amo!

sinto-me: bla,bla,bla...
tags: ,
publicado por mcm às 13:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Junho de 2011

Dio ...

Esta canção comove-me. É uma canção antiga mas que é bela e emocionante... Pertence ao grupo das músicas para sempre.

"Dio Come Ti Amo" ... Quem não disse esta frase já alguma vez?

Pois é! Somos uns românticos seja qual for a nossa idade.

E é muito bom gostar de música!

tags:
publicado por mcm às 18:50
link do post | comentar | favorito

Sempre...

Deste-me a tua palavra e eu acreditei!

- Aliás eu sempre acreditei em ti.

Hoje vou esperar-te, como de costume.

Juraste-me que vinhas; que ficavas; que será para o resto da vida.

Eu acreditei, tanto, em ti que fiz a "nossa" cama de lavado; com lençóis brancos, como tu gostas; com a colcha que foi nossa em tempos idos da nossa felicidade...

Estarei à tua espera como dantes: linda e receptiva aos teus carinhos.

Farei de contas que não nos separámos, nunca. Serei tua no momento que quiseres.

Hoje esperarei por ti - e acredito que desta será para sempre...

Mas "o sempre" não sei o que é.

Tu ainda menos!

tags: ,
publicado por mcm às 11:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 16 de Junho de 2011

Asas...

Sobre esta música somente digo:

- Gosto; gosto; gosto.

O poema é maravilhoso; a música divinal; Reininho como sempre - uma Voz de sonhar e ouvir sem cansar...

Atenta bem nesta letra.

Põe as tuas asas...

Não te deixes aprisionar.

publicado por mcm às 18:31
link do post | comentar | favorito

Fogueira sempre acesa...

A nossa relação é uma fogueira que não queremos deixar que se apague.

- Nunca!

É nessa fogueira, sempre acesa, que queremos colocar a nossa paixão e vida conjunta.

- Será alimentada de tudo que é bom e de tudo o que for menos bom... E até com o mau, se o houver.

Nela poremos, para que não se apague, "carradas" de beijos; pilhas de sinceridade; de lealdade; de trabalho; muito e muito sexo; filhos; alguns sacrifícios; doses avantajadas de amor.

Será uma fogueira sempre acesa. Acesa com a "lenha" que a nossa vida gerar. Não se apagará jamais.

Somos e seremos loucos um pelo outro.

Por todos os dias da nossa vida.

tags: , ,
publicado por mcm às 12:50
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Junho de 2011

À procura...

Já te aconteceu sentires uma grande insatisfação por não encontrares quem procuras?

Acontece a todos nós!

O amor de quem não amamos só nos pesa!

PS: Esta música é muito antiga e é muito bem cantada.

Fala de andar à procura...

Se és insatisfeito/a e romântico/a ouve esta música...

E, não te canses de procurar.

- Quem sabe um dia encontras o que procuras?

tags: ,
publicado por mcm às 18:55
link do post | comentar | favorito

Só nós dois...

Esta noite vamos para a varanda!

- Abraçamo-nos; ficamos lá, em silêncio; contemplamos o Eclipse.

Será uma noite bela e diferente. Será uma noite de comunhão.

Os nossos terrenos sentires ficarão entregues aos deuses e à Natureza.

Enquanto o Eclipse se desenrolar estaremos absortos e íntimos.

Esta noite seremos tão e só um, que nem sexo teremos nem quereremos. Nem sexo nem desejo dele...

- Nada que nos perturbe nessa comunhão que pressinto.

Só nós dois e o Universo inteiro, por companhia... E uma Lua que se esconde.

Nós dois na varanda...

sinto-me: primaveril...
tags: ,
publicado por mcm às 11:34
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Junho de 2011

Sonhem...

 

Hoje não deixo aqui música!

Perdoem-me os meus visitantes...

Em substituição, da música habitual, deixo-vos este vídeo que é um convite à evasão...

Foi um "amigo" do FB que o colocou e eu fiquei logo "apaixonada".

Apeteceu-me correr com aquelas crianças à procura do "pássaro azul".

Fiquem todos e todas muito bem.

Sonhem e evadam-se.

Sorriam, também.

publicado por mcm às 18:16
link do post | comentar | favorito

Assediei-te...

Tinhas a mania de passares por mim, e, me ignorares sumptosamente.

Isso mexia comigo.

Davas-me cabo da minha auto-estima.

- Sempre os homens se renderam aos meus encantos!...

Mas tu parecias não me ver.

Assim, e por causa disso, assediei-te. Quase me impus aos teus olhos. Quase me "esfreguei" neles.

Então tu "viste-me". Começaste a convidar-me para coisas; a saíres comigo.

Um dia fomos para tua casa e fizemos sexo. Fizemos sexo a noite inteira.

- Foi bom.

Ao outro dia, fiz eu de contas que não te vi, quando vinhas beijar-me. Fiz de contas que nada tinha acontecido, entre nós, daí em diante.

- Vinguei-me da tua indiferença anterior...

A minha auto-estima  regenerou-se. Eu senti-me bem.

sinto-me: a divagar...
tags: ,
publicado por mcm às 10:59
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 13 de Junho de 2011

Ausente/Presente...

 

Faz hoje anos que António Variações nos deixou, para sempre...

A sua música, de grande inspiração, permanece.

Os grandes são sempre mal amados em vida.

- É pena!

Ele tinha merecido ser amado e reconhecido pelo seu trabalho - de homem que criava a partir do quase nada coisas com sentido; música intemporal; poemas em que me revejo; atitudes estéticas que hoje em dia muitos copiam...

Enfim! Eu sempre gostarei de Variações. 

sinto-me: saudosa de gente boa...
tags: ,
publicado por mcm às 19:25
link do post | comentar | favorito

Pediste-me em casamento...

Recordo hoje o dia em que me pediste em casamento!

Era um dia como outro qualquer; tu apareceste, pela hora do jantar; trazia flores; trazias um ar de festa no olhar; e, beijaste-me com demorada paixão. Depois entregaste-me um ramo de rosas vermelhas e uma caixinha...

Eu, surpresa, agradeci e... ao abrir a caixinha tu interrompeste-me e disseste-me:

- Espera um pouco; quero fazer-te um pedido... Aceitas casar comigo?

Eu, sem pensar nem um segundo, disse-te logo que sim...

Abriste-me a caixa e deste-me um anel de noivado que sendo simples era belo.

E beijámo-nos ali para selarmos esse momento.

Foi um dia memorável; foi o dia em que o sexo fluiu, entre nós, naturalmente. Foi, talvez, o dia mais conseguido que tivemos.

Passado um tempo, as coisas já não tinham poesia; o sexo deixou de ser espontâneo; o nosso amor foi volátil.

Deixámo-nos, sem casar. Ainda bem.

Foi só um impulso, sem consequências de maior.

tags: , ,
publicado por mcm às 11:19
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!