Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

Roma... Sonhos...

Hoje deu-me saudades de viajar!... Ir por esse Mundo, à aventura, e, parar em Roma.

- Ficar por lá; encantada com tanta beleza; com um amor novo, talvez!...

E, assim, lembrei-me desta música.

É uma música eterna numa voz incontornável.

Abre este vídeo e ouve esta canção de adeus a Roma...

Evade-te; sonha com o que quiseres; viaja aonde te apetecer;...

Sonha, até, com viagens de sonho.

A vida é difícil, mas pode ser melhor - sonhando um pouco.

tags: , ,
publicado por mcm às 18:21
link do post | comentar | favorito

Castelo de ilusões...

Hoje acordei de braço dado com o Sol!

- Amo-te.

Estou tão feliz que me apetece raptar-te; sonegar-te ao trabalho; levar-te comigo, para um castelo; e, nesse castelo, dar vazão às minhas alegrias fantásticas!

Hoje apetece-me ser uma mulher à séria.

Ter iniciativas em tudo o que me dê prazer.

- Liderar no prazer do amor; e do sexo; do amor e sexo que faremos - ou faríamos - tal as fantasias se passem ou não.

Hoje estou virada para estas coisas...

Se me deres ouvidos, muita felicidade te poderá acontecer. E a mim também.

- Tudo bom. Tudo inesquecível. Tudo prazentoso. Tudo perfeito.

Mandarei erguer um castelo de ilusões para nós dois.

- Só para nós dois.

Prometo que seremos felizes.

sinto-me: a divagar...
tags: , ,
publicado por mcm às 10:43
link do post | comentar | favorito
Domingo, 22 de Maio de 2011

Beleza...

 

Esta música é um hino à beleza da mulher brasileira.

Eu adoro estes dois senhores que aqui cantam.

Boa música e um poema inspirado é o melhor que a vida pode dar-nos ... entre muitas outras coisas ao dispor.

Bom resto de fds.

publicado por mcm às 18:07
link do post | comentar | favorito

Galdério....

Detesto quando estás comigo e ficas a "devorar" as outras, com esses teus olhos, que eu queria só para mim...

- Queria, mas não são.

Tu olhas para tudo o que mexe, e, é mulher.

E isso leva-me a embirrar contigo; a tratar-te com desdém; a negar-te carinhos e sexo; a achar-te um grande mal-educado.

Tempos houve em que só tinhas olhos para mim!...

- Dizias-me que não querias mais ninguém! Eu acreditava-te, então.

Mas isso foi só enquanto te não mostráste tal como és:

- Um homem comum; que procede como qualquer homem das obras, sem maneiras e um pouco alarve. Um bruto insensível.

És um incontrolado:

- No olhar e na má educação.

És um típico homem galdério. E homens galdérios é o que mais há no mundo.

sinto-me: a divagar...
tags: , ,
publicado por mcm às 17:11
link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Maio de 2011

Arrebatadora...

 

Esta é uma das melhores vozes que já existiram...

Eu adoro.

Esta música é para ti e para mim.

Hoje lembrei-me de Connie Francis porque acordei com ela a cantar na rádio.

Há imenso tempo que não ouvia nenhuma das suas músicas mas é só porque não tenho discos dela, embora saiba que ainda hoje em dia tem imenso sucesso.

Ouve esta música; e ouve outras que ela cante - em espanhol; inglês; francês; italiano...

Ela canta desta forma arrebatadora em todas estas línguas.

Fica bem e feliz.

sinto-me: mt animada...
tags: , ,
publicado por mcm às 18:45
link do post | comentar | favorito

Dias plenos...

Tinha dias em que acordava com o peito pleno de alegria de viver!

E, nesses dias, tão intensos, eu era absolutamente feliz, por alguns largos momentos.

O teu amor era o melhor; os teus presentes, singelos, os mais valiosos; o sexo que me trazias, no teu belo corpo, era esplendoroso...

Tudo me parecia enaltecido nesses dias de Bênção!

E por isso hoje recordo esses acasos.

- Por isso os recordo, agora que tanto me rareiam.

Os dias plenos de luz e cor já me escasseiam.

tags: , ,
publicado por mcm às 10:53
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Maio de 2011

Energia...

 

Esta música é um dose de energia - pura - para o fim-de-semana.

Ivete Sangalo é uma intérprete muito espectacular em cima de um palco.

Hoje é assim:

- Nada de coisas muito paradas!

Há que agitar o corpo e a mente.

Um resto de dia bom; uma noite fantástica, para vós.

Sejam muito felizes. 

sinto-me: a amar a dança ...
tags: ,
publicado por mcm às 18:32
link do post | comentar | favorito

Embalada em fantasias...

Hoje quero-te!

- Vem; todo inteiro; traz contigo o teu charme; o teu sorriso encantador; o teu swing...

Hoje quero que me leves a dançar.

Iremos ambos, àquele lugar, aonde os nossos corpos se soltam; se exprimem; se excitam; se bamboleiam e aproximam, um ao outro.

E, quando já não podermos mais - nem dançar e nem aguentar tanto desejo - voltamos a casa.

Deitados então na cama, de barriga para o ar, constas-me aquela história, inspiradora, que eu tanto gosto...

Eu, embalada nessas fantasias, agarro-me a ti; beijo-te; e, aos poucos, como convém, o sexo acontece. Será o sexo que ambos gostamos:

- Dolente; apressado; acelerado; travado; em acção de novo...

Hoje será assim. Hoje quero-te.

sinto-me: a descomplicar...
tags: , ,
publicado por mcm às 10:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Anos oitenta...

Os anos oitenta foram anos de grande estilo e estilos.

Foi a época dos luxos; do dinheiro fácil; dos yuppies; da música alternativa que virou intemporal... Das bandas requintadas.

Esta música pertence a uma dessas bandas:

- Os Talking Heads.

Eram cultos; chiques; e muito à frente. 

Como tal ouvem-se hoje em dia com imensa alegria e com alguma reverência.

Muito bons!

tags: ,
publicado por mcm às 18:10
link do post | comentar | favorito

Sobre "as megeras"... (aviso)

A "megera" entrara em acção.

Decidira apropriar-se de todos os contactos do seu "amado" imaginário e passava as suas horas de ócio e ódio, a mandar emails e a fazer telefonemas, para as suas "vitimas" eleitas.

A megera estava louca! Via em todas as mulheres que falassem com o seu "amado," inventado, uma rival.

E engendrava coisas absurdas:

- Quando mandava esses emails; ou fazia esses telefonemas... "falava" de invenções sórdidas, que a sua cabeça perturbada criara, para alimentar a paranóia mórbida que a ruía por dentro e por fora.

A megera fazia mal a muita gente. Mesmo não a acreditando, as vitimas, ficavam perturbadas com a sua abordagem malévola.

- Ficavam desestabilizadas. O "namorado" inventado estava na praça pública sem o saber.

Não se sabe se a megera terá mesmo namorado, a sério! Se terá algum homem que lhe dê atenção!... Se faz sexo, sequer. Se gosta de homens, ao menos!.... A megera cria cenários e vive num mundo que só ela sabe que existe.

Sabe-se, no entanto, que a megera é má e perigosa.

Quando ela está em acção é um perigo iminente para as vitimas eleitas - o "namorado" e as "rivais".

Preserva-te das megeras.

Elas andam por aí! Abundam, mesmo.

Se fores "atacado/a" por uma megera toma cuidados. Muitos cuidados.

sinto-me: a divagar...
tags: ,
publicado por mcm às 10:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Maio de 2011

Fica bem.

 

 

Chove muito em Lisboa!

Acabamos todos, por nos molhar, se saírmos à rua, numa hora destas. Então sempre é melhor guardar algum tempo, para sonhar...

- Abre este vídeo; acompanha a música; evade-te.

A música é uma grande evasão. Escolhe, até, outras evasões a teu gosto.

Entretanto a chuva passou e podes ir-te embora, em paz e sem molhas.

Fica bem.

publicado por mcm às 18:05
link do post | comentar | favorito

Desorientada...

Eu amava e amo o silêncio!

- É uma necessidade imperiosa, para mim, em determinadas fases do meu dia. Equilibra-me.

E tu não me respeitavas nessa minha necessidade; e levavas a mal que eu estivesse por largos momentos "fechada" em mim.

- Fazias de propósito barulho; falavas sem descanso; ligavas as "tuas" músicas em altos berros...

Eu ficava à beira da loucura e de mau humor. Desorientada.

Quando à noite nos deitávamos eu queria ficar, um pouco mais, a "distrair-me" no meu silêncio. Eu gostava de pensar a sós; e ficar aos poucos desligada do dia; e adormecer, então...

Tu tagarelavas ao meu lado; querias fazer amor; davas gargalhadas; transformavas o sexo num regabofe - só para me fazeres falar e para me obrigares a não amar os meus silêncios. Eu ficava muito nervosa.

- Tu achavas que eu estava a hostilizar-te!

Mas o silêncio, nessas horas, era-me vital.

- Tu nunca me compreendeste.

Foi pena.

Aos poucos fui-me desapegando de ti; optando pelos meus redutos de paz; deixei-te.

Optei por mim.

tags: ,
publicado por mcm às 11:05
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!