Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

«O diário de Rita»...

(continuação)

...

Rita tem dias em que gosta de sair da norma...

- Manda tudo para as urtigas e faz o que lhe apetece; sem dar ouvidos, (nem olhos) aos preconceituosos; despeitados; invejosos; libidinosos; parvalhões; parvalhonas; invejosas; beatas; e...

Hoje Rita está num dia assim:

- Nada de fazer jogos, só para fazer o jeito aos outros.

Quando Rita se levantou, viu que chovia e, sentiu (algum) frio. Olhou para o seu roupeiro e tirou de lá, para se vestir neste dia de chuva e frio, uma mini saia de ganga que usará, com collants opacos, da cor da sua blusa roxa e com um cinto largo, da cor dos seus sapatos e colar - castanhos “marron”.

Rita colocará, por fim e no fim, um casaco curto e de cetim, na cor dos sapatos “marrom”. E será assim, desta forma que, hoje, quem se cruzar com Rita, a encontrará e verá vestida...

Rita gosta de estar bem, na moda e adequada às circunstâncias!... Mas, nestes dias em que acorda com vontade de quebrar as regras, Rita apresenta-se com um look anti convencional e sabe que vai ganhar piropos de uns, (ou de umas, as não invejosas) e  levar com alguns «olhares despeitados» de outros e outras,  aqueles/as que acham que a vida é, sempre , para levar com  ar e roupas, «compostinhas», e, que nos dão o aspecto de pessoas «muito sérias», mesmo não o sendo... A credibilidade é uma farda!

Hoje Rita (que é sempre séria porque honesta) quer sentir-se fresca e mais jovem... e parece que está a conseguir.

Com esta mini saia de ganga, as meias roxas da cor da sua blusa roxa e sustentada nuns sapatos de salto alto - marrom - Rita cruza as pernas e com ar de quem não está preocupada com mais nada, ( e não está mesmo), que não seja o assunto da conversa que vai ter, Rita diz bom dia ao seu interlocutor  e a reunião vai correr-lhe bem, porque Rita se sente à vontade consigo e com a sua imagem...

Se há regras, são para se quebrarem, de vez em quando! E o mundo segue igual... (pensa rita enquanto dialogo com o homem que tem na sua frente)...

...

continua  

sinto-me: gira
publicado por mcm às 11:27
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

CECÍLIA BARTOLLI...

 

«DOMINE DEUS...»

 

http://www.youtube.com/watch?v=ppz5wxzLBKo

 

GOSTO DE VIVALDI; GOSTO DE CECÍLIA BARTOLLI; GOSTO DE VIOLINO; GOSTO DE ME EVADIR; GOSTO DE OUVIR COISAS QUE ME DESCONTRAIAM E FAÇAM PARTIR, EM SONHOS, PARA LONGE DAQUI...QUANDO ESTOU DEMASIADO CANSADA E A PRECISAR DE ALGO QUE ME ELEVE...

ASSIM, AQUI DEIXO ESTA MINHA ESCOLHA, PARA QUEM GOSTAR, TAMBÉM, E COM VOTOS E UM GRANDE FIM DE TARDE E  NOITE DE CHUVA.

 

sinto-me: murchinha e exausta...
publicado por mcm às 19:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

«O diário de Rita»...e o «manual de sedução»(1)

(continuação)

...

Rita olha, embevecida e orgulhosa, para os seus inúmeros batons, alinhados numa linda caixa: de quase todas as cores e tipos de embalagens, (mais e menos bonitas) e põe-se a divagar sobre este assunto:

- Usar ou não usar batom? - Eis a questão.

Rita gosta de usar batom! Quase sempre vermelho; ou laranja; ou tijolo; ou cerise; ou rosa; ou incolor; ou fúcsia; ou magenta; ou violeta; ou pérola; ou dourado; ou...

Rita olha-se no seu espelho, e, se não colocar batom, nessa hora, Rita acha-se banal!

- Sem mistério suficiente para que a sua boca seja olhada, desejada, interpretada, (de uma forma agradável, imperativa, estética) pelos homens e não só; por todos os que gostem de ver mulheres cuidadas e apetecíveis!

Se Rita pensar melhor e for sincera consigo, Rita até poderá assumir que sem batom, parece mais nova, mais leve, mais pãozinho sem sal... Mais flor dos campos... pronta a ser colhida... e ser posta numa jarra a um canto, onde ninguém olhe para ela... a não ser alguém que goste, também, de estar ao canto... (na vida de uma mulher)...

Mas, quando Rita coloca um batom vermelho e retoca os lábios com um lápis da mesma cor, Rita olha-se bem, no espelho, e gosta de se rir, para si e de falar para si e dizer também a si:

- Faz-te à vida Rita que estás gira; demasiado gira para ficares sozinha em casa a olhares só para ti, no espelho... sem receberes piropos elogiosos dos homens... que gostam de mulheres gostosas e com batom.

 E pega então na sua mala, dá a volta à chave e sai; segura, para a rua, dizendo bom dia ou boa tarde a quem encontra, e distribuindo sorrisos a torto e a direito: de orelha a orelha! Rita gosta de sorrir e de rir, quando usa batom!

O seu batom é seu grande, grande «amigo»: dá-lhe conforto e segurança e faz Rita parecer mais atraente... aos seus próprios olhos, e...até:

- Perante o mundo em geral, perante as mulheres em especial, e, perante os homens prioritariamente e à cabeça... e de quem Rita gosta!

É que Rita não gosta dos homens que não gostam das mulheres que gostam de usar batom... Acha-os desinteressantes e sem uma abordagem urbana...

Uma mulher com batom, nos lábios, tem uma intenção erótica com maior alcance...

...

Continua

sinto-me: atrevidota...
publicado por mcm às 10:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

TOM WAITTS...(2)

 

«TEMPTATION...»

 

http://www.youtube.com/watch?v=o72GDj7svq4

 

PALAVRAS PARA QUÊ?...

EU ADORO TOM WAITTS: A SUA MÚSICA, OS SEUS VERSOS, A SUA FIGURA MARGINAL, E, TUDO O RESTO QUE ELE INSPIRA E TRANSMITE...

«TENTAÇÃO?!... COM POSSO RESISTIR-TE?»

 

Letra:

Rusted brandy in a diamond glass
everything is made from dreams
time is made from honey slow and sweet
only the fools know what it means
temptation, temptation, temptation
oh, temptation, temptation, I can't resist
I know that she is made of smoke
but I've lost my way
she knows that I am broke
so that I must play
temptation, temptation, temptation
oh, woah, temptation, temptation, I can resist
Dutch pink and Italian blue
she is there waiting for you
my will his disappeared
now my confusion's oh so clear
temptation, temptation, temptation
woah, woah, temptation, temptation
I can't resist

 

sinto-me: engraçada
tags: ,
publicado por mcm às 20:33
link do post | comentar | favorito

Os «culpados»...

Continua a falar-se, (mais mal que bem) das declarações requentadas, de José Saramago, sobre a existência de Deus e sobre o papel da Bíblia e da Religião Católica, na vida dos crentes - especialmente dos jovens!!!

José Saramago, já causou polémicas e até já foi, em tempos, censurado por um ex-Secretário de Estado que, neste momento, deve pensar, lá para com ele e seus botões, que quem apronta uma vez, apronta sempre mais vezes e ele bem o previu... ( isto sou eu a imaginar)

Os portugueses andaram, na semana passada, todos entretidos a falar da artista brasileira que «gozou connosco» e que nem sabia que Salazar, esteve no poder, bem mais tempo que os vinte anos que ela lhe atribuía no seu documentário pseudo hilariante...

E eu ponho-me a relacionar as coisas, e chego à conclusão de que, ela, a artista «maledicente», deveria ter culpado o Salazar, pelo «ateísmo e revolta» do «nosso» “Nóbél”, pois que, se ela o tivesse feito, ( e eu não sei se não seria, de todo, uma boa ilação a tirar) agora, já não ligaríamos peva às declarações «enraivecidas» e reiteradas do Nobel, sobre as convicções dos crentes e os malefícios da Bíblia, lida pelas crianças ou jovens...

Para terminar, leio que um Euro-Deputado do PSD quer pedir que o «Nóbèl» renuncie à nacionalidade portuguesa... Onde isto já vai!

E eu exclamo:

- “Meu Deus perdoai-lhes que não sabem o que fazem, nem o que dizem”.

 ( o «Nóbél» que me desculpe trazer Deus para a questão)

Basta que lhe ignorem estas blasfémias ... ele acabará por se calar, ou não. 

sinto-me: NEM SIM, NEM NÃO! ANTES TALVEZ
publicado por mcm às 18:53
link do post | comentar | favorito

Porque gosto...

 

A editora deste blog gosta da Natureza, e de a «aprisionar» em fotos... Para mais tarde recordar...ou partilhar.

Aqui ficam algumas delas, como «oferta«, a quem goste  ou tenha, idênticos gostos...

 

 

... e um bom dia para todos.

sinto-me: sei lá?!... Bem!
publicado por mcm às 12:56
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»... (em férias - 13)

(continuação)

...

E para terminar, esse dia último de férias, em Paris, Rita ainda visitou uma Capela-Horto, onde Jean Cocteau sonhou pintar; e que foi uma leprosaria, nos tempos idos, dessa epidemia, tão terrível; e que para ali vinham, para serem tratados e aliviados dos seus males, com o poder medicinal das ervas que, naquela zona, crescem e dão o nome à terra de Malles-Herbes, os leprosos de entâo.

Rita passou por uma bela e frequentada floresta, onde se viam famílias inteiras, a fazerem os seus passeios dominicais e algumas cavaleiras e cavaleiros que, em cima das suas montadas, pareciam faunos dos bosques e “Ladies Godivas”, mas com roupa...

Rita terminou as suas vistas turísticas em Fontainebleau, um palácio menos grandioso que Versalhes, mas igualmente imponente e onde foi assinado o tratado com o mesmo nome.

- Aliás, tudo o que Rita viu por onde andou, era tudo minuciosamente cuidado, conservado, restaurado e preservado; com dignidade e respeito pela História, e pelos nossos antepassados que a fizeram.

Eram já oito da noite e Rita teve que vir aprontar as malas para, pela madrugada próxima, estar no aeroporto e regressar a sua casa.

Rita jantou com os seus anfitriões e fizeram um brinde, com champanhe, à Amizade e à boa vida.

Rita agradeceu-lhes todas as belas coisas que ali viveu com eles e quase ia chorando... Mas conteve-se, pois não é de choro fácil nos grandes momentos!

Pelas quatro da manhã levaram-na para o aeroporto e, já dentro do avião, enquanto aguardava que este levantasse voo, reparou que a chuva, sempre ausente naqueles dias anteriores, batia agora copiosamente nas janelas...

- Rita imaginou que eram as lágrimas que as saudades lhe provocavam e  que não conseguira verter nas circunstâncias adequadas... Conseguiu evadir a questão e pensar ainda, para si, o seguinte:

- Paris chora, a bom chorar, por Rita! Mas não valerá a pena, pois ela voltará sempre, aos lugares onde é feliz... contrariando assim a frase fetiche...

À chegada, como referiu, um grande Amigo estava à sua espera no aeroporto e trouxe-a para casa e as férias estavam terminadas.

...

Clicar aqui, pf:

http://en.wikipedia.org/wiki/Milly-la-For%C3%AAt

Continua

sinto-me: very well
publicado por mcm às 10:59
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

SUPERTRAMP...

 

«OH LORD IS IT MINE?...»

 

http://www.youtube.com/watch?v=88h-u090UA8

 

http://www.youtube.com/watch?v=qL6X6FJCQo0

 

NUM DIA EM QUE ACORDÁMOS COM O «NOSSO» "NÓBÉL" A DISSERTAR SOBRE A  NÃO EXISTÊNCIA DE DEUS E, EM QUE ALGUNS SE TERÃO, COM JUSTIÇA, SENTIDO OFENDIDOS POR ISSO, EU, QUE SEMPRE  ME AFIRMO COMO AGNÓSTICA,  AQUI DEIXO ESTA BELA CANÇÃO, PARA HOMENAGEAR TODOS AQUELES QUE ACREDITAM E SE SENTEM PERTO  DESSE "SER" SUPERIOR...

- SE DEUS EXISTIR - MESMO - SABERÁ, CERTAMENTE, PERDOAR AO "NÓBÉL" TANTA ACIDEZ DE ALMA! 

sinto-me: com dúvidas...
publicado por mcm às 18:09
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»... (sonhos-1)

...

Esta noite Rita sonhou com Bill...

Não sabe que cargo tinha, nem, exactamente, em que condições o fez, mas ao acordar, pela manhã, recordava o seguinte detalhe de um sonho que «vivera» enquanto dormira!

- Rita estava bem vestida e chegava, ao que pensa ser um restaurante, e, lá sentado, elegante, charmoso, distinto... estava Bill esperando-a!

Rita não sabe, de todo, qual o cargo que exercia, ou qual a circunstância que lhe facultara estar sentada à mesa, com o homem mais poderoso do mundo e até, de ser ele, a esperar por Rita!...

Rita chegou! Ele levantou-se e galanteou Rita que, lhe agradeceu e lhe sublinhou o facto de ser ele a esperar por ela... - Ao que ele respondeu que a quisera surpreender e causar-lhe boa impressão! (Assim mesmo! Um sedutor...)

Rita recorda ainda, que estava ali um clima de sedução, vinda de Bill; à mistura com algum deslumbramento da sua parte e... entretanto, o sonho acabou porque Rita acordou, e, não se lembra de mais nada de nada.

Rita começou a tentar, então, interpretar, o que poderia ter dado o impute ao clic no seu subconsciente.

- Logo para ir ter um sonho de «clima de assédio» com Bill... o homem mais poderoso do mundo, nos tempos anteriores de G.W...

E, constatou que ontem mesmo, antes de adormecer, Rita lera uma reportagem no Expresso, sobre um indivíduo que se fazia passar por próximo de Salazar e Carmona... e até traficava influências à conta disso...

Será essa a pista para a interpretação do sonho de Rita com Bill, que nem sequer imagina que Rita existe, e sonhou com ele?!...

Rita fica sempre deslumbrada com as inter-relações que o nosso consciente, subconsciente e inconsciente conseguem estabelecer, gerando assim «factos» que jamais imagináramos «viver»: mesmo que sendo, exclusivamente, em sonhos sonhados a dormir!

 

Ps: Rita gostou de ter este sonho! 

sinto-me: enlouquecida
publicado por mcm às 13:12
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»... (em férias - 12)

 

(continuação)

...

Os seus quatro e últimos dias, de férias, Rita passou-os em Paris, e fez coisas muito agradáveis, e muito interessantes...

Num desses dias e, tal como noutro post anterior, já referiu, Rita foi a Versalhes e, nem quer, nem dá para falar, sobre a imponência de tudo o que por lá observou! O melhor, mesmo, é cada um dos que lá vão, guardar para si próprio, as suas impressões, ( históricas, estéticas, paisagísticas...) de tão mágico lugar...

- Na sala dos espelhos, Rita “dançou” a sua valsa encantada com o «seu príncipe», (que não era encantado) de carne e osso e de olhos bem abertos e um belo dançarino...

Num outro dia, Rita esteve no Centro G. Pompidou a visitar e a ver as vistas, e a saborear uma exposição magnífica que por lá estava e de que Rita guardou imagens, mentais, inesquecíveis.

Depois, no Sábado após o almoço, Rita foi levada a uma terra de pintores e artistas - Anvers - sur - Oise - ao Norte de Paris.

Foi lá, nessa terra tão bonita, que Rita esteve a visitar uma casa em que VAN GOGH pintou alguns dos seus quadros... Era um lugar algo mal cuidado, mas cheio de memórias e de projecções das mesmas...

Foi lá que tirou belas fotos e foi lá, ainda, nessa terra de artistas e Câmara Comunista, que, em conjunto com a sua companhia de viagem, se perderam e entraram numa estrada que não tinha saída e aonde, um dos residentes locais, os deixou dar a volta - para inverterem a marcha -  por dentro do seu jardim... Caso contrário, ficariam por ali sem poder voltar para trás... ou então teriam que fazer gincana às arrecuas... e perigosamente difícil.

À noite, já em Paris, Rita jantou nos Campos Elísios e passeou-se por lá, a ver as montras e os transeuntes... e divertiu-se nessa noite até tarde...

- Era a sua última noite em Paris e ainda por cima, era Sábado...

No domingo, levantou-se mais tarde e já pelas catorze horas rumou Milly- la- Forêt, terra das ervas “Simples” e que celebrava a sua Feira Anual Nacional das  “Simples”.

Foi uma experiência muito querida, “cool” e instrutiva.

Rita degustou pão com pattê de algas, uma sopa só de legumes, bebeu sidra e tudo era óptimo sem temperos e sem gorduras animais. (continua)

...

continua

 

sinto-me: ENCANTADA...
publicado por mcm às 10:56
link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Outubro de 2009

NAT KING COLE...2

 

 

«LOVE IS A MANY SPLENDORED THING...»

 

http://www.youtube.com/watch?v=sV4nEwAkM28

 

NUMA TARDE DE DOMINGO QUE MAIS SE PODE DIZER?

SE O AMOR É UMA COISA ESPLENDOROSA  DEIXEMOS, ENTÃO, QUE ELE NOS INVADA DE SEU ESPLENDOR.

 

sinto-me: good
publicado por mcm às 15:41
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»...

(continuação)

...

Se é certo que Rita gosta de conviver, também não é mentira que, se Rita pudesse, passava longos dias na sua casa e sem de lá sair; nem sequer para nada, de nada, de nada! Seria só reclusão, alheamento e clausura – auto imposta!

Quando Rita acorda incompatibilizada com o Mundo, Rita prefere, nem sequer, sair à rua... nem ver gente... nem falar com pessoas.

- Será Rita neurótica? Maluca? Maníaca? Desaparafusada da cabeça?...

Não. Nem pensar!

Rita sabe e reconhece que, todas as pessoas são diferentes e têm diferentes formas de ser e de estar na vida - em geral.

No entanto, Rita fica fora de si, quando logo pela manhã, tem que se "misturar" com pessoas que não têm qualquer espécie de maneiras, de educação ou de respeito, por quem têm ao seu lado. Que se levantam da cama e vão para o café mais próximo, tossir-lhe em cima e mais do seu pequeno-almoço... e até parecem não ter ainda acordado - tal é o seu estado, aparente, de sonambulismo real e com que parecem desafiar o novo dia.

Rita detesta e odeia, absolutamente, a falta de maneiras. Ninguém é obrigado a comportar-se, sempre, bem, mas, é para esses momentos mais distendidos, que existe a privacidade e a nossa própria casa.

Quem quer «cuspir» para o café dos outros, deve abster-se de sair à rua e, muito menos, entrar num café...

Até porque o vírus da gripe propaga-se dessa forma e não há campanhas que lhe resistam, com pessoas que não queiram ter maneiras:

- De civismo e higiene.

Rita não convive nada bem com estas coisas e seria interessante se, todos , tivéssemos maior atenção aos nossos procedimentos em locais públicos; até para podermos ser,  melhor percebidos e aceites... por quem temos ao nosso lado.

...

Continua

sinto-me: lúcida
publicado por mcm às 10:59
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!