Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

«O diário de Rita»...

(continuação)

...

Hoje Rita está no contra! Pensa nas coisas más que lhe fazem, de vez em quando,... algumas daquelas pessoas muito “compostinhas” e politicamente correctas. As sonsas!... - pensa ela...

Rita auto analisa-se e conclui que é boa pessoa. Não quer mal a ninguém, nunca deliberadamente fez mal a quem quer que fosse e, até, quando pode, ajuda os outros se os vê a precisarem...

Mas, por vezes, aparece-lhe cada cromo por perto que, Rita, o que deseja, é distância dessa pessoa; isto para lhe não desejar mais nada de pior...

- Há por aí uma ideia generalizada, de que, somos todos iguais. Ninguém é mais nem é menos que o outro!... pensa Rita enquanto pega nas chaves e dá duas voltas ao trinco – não vão os ladrões aprontar – e descendo as escadas a correr...

Rita pensa que essa de sermos todos iguais é um autêntico disparate. Uma enormidade das antigas! Uma maneira de os medíocres, se valorizarem, gratuitamente.

Não trabalham, não estudam, são coxos, são carecas, são gordos, têm ideias bezerras, mas!... maravilha das maravilhas:

- Somos todos iguais! Eu sou igual a eles e, deixo de ser igual a mim!...

Rita até pensa mais; pensa que, mesmo votando, os votos deveriam ter valores diferentes conforme as pessoas fossem mais, ou menos elucidadas, sobre as questões da cidadania, da política e do mundo em geral...

Claro que Rita pensa estas coisas e só as conversa com amigos próximos e politicamente incorrectos. Rita não tem problemas em assumir posições diversas, chocantes e desalinhadas que, considera certas e povoam a sua cabeça...para muitos, estranha!

Simplesmente, ás vezes Rita, não está para dar confianças a pessoas diferentes dela. A pessoas com “cabeças de carimbo”.

É por isso que Rita acha que somos todos diferentes:

- Uns têm “cabeça de carimbo”; outros têm a sua própria cabeça e pensam com ela e não se importam com rebanhos...

Rita hoje está assim, está do contra porque sempre está desse lado. Rita cultiva a diferença e rejeita as unanimidades e as uniformidades...

...

Continua

 

sinto-me: divertida
publicado por mcm às 10:47
link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Julho de 2009

ENGLEBERT HUMPERDINCK...

 

«PLEASE  RELEASE ME» 

http://www.youtube.com/watch?v=6S9ecXWCBCc

 

SE TIRARMOS O BIGODE AO CANTOR, FICA UM VIDEO BASTANTE BONITO E A CANÇÃO É, DE SONHO...

POR OUTRO LADO SE POR AQUI PASSAREM PESSOAS COM GOSTO POR HOMENS DE BIGODE - PARA OS/AS QUE GOSTAREM - FICARÁ  ENTÃO TUDO PERFEITO.

sinto-me: SATURADA DE CALOR
tags:
publicado por mcm às 17:16
link do post | comentar | favorito

Sobre Santana Lopes...

Ontem, ao passar por um quiosque, reparei numa capa de um jornal onde Santana Lopes dizia o seguinte:

- “ Pelo menos a mim nunca me acusaram de me ter licenciado a um domingo.”( citei de cor mas era este o sentido e a frase, penso que também...)

Santana Lopes, no meu entender, faz muito bem em dizer estas coisas, pois que, se tivermos memória, talvez não exista neste país, pessoa que tenha sido mais maltratada, injustamente, do que ele. Foi destruído na sua credibilidade e foi ridicularizado e quase sempre se manteve com boa postura em matéria de educação, coisa difícil para qualquer ser humano.

Assim sendo, ele tem todo o direito de apontar baterias - se tiver razão e motivo - a quem entender.

Até porque, por experiência própria sei que, neste país só se respeita quem diz uns “porreiros pá”, quem diz e se desdiz, quem faz autênticas “trapalhadas”... quem mente descaradamente, quem chega ao cimo sem se saber como subiu até lá.

 E essa da “política baixa” também não pega. A maior parte de nós já deu para esses peditórios.

Ficaria muito contente se, Santana Lopes ganhasse a Câmara de Lisboa, pois julgo que seria um muito bom Presidente.

 

Ps: Eu não conheço, não me dou, não me relaciono com Santana Lopes. Acompanho a sua carreira politica, unicamente.

 

sinto-me: lúcida
publicado por mcm às 13:20
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»...

(continuação)

...

Rita gosta muito dos domingos! Gosta de todos e de tudo, nos seus domingos. Pela manhã, pela tarde e pela noite... Rita faz coisas que lhe trazem muita satisfação, muita alegria, muito prazer. Coisas simples como ela!

Rita só não gosta de que os domingos se acabem! Rita sonha com domingos que durem, durem, tal como as pilhas Duracel... sem se terminarem num instante e deixando Rita com metade das coisas, que adora, por fazer. Frustrada  e triste!

Os domingos deveriam ser mais extensos, para que as coisas agradáveis, que Rita faz só em vinte e quatro horas, se estendessem por mais tempo.

Brincando, Rita costuma dizer que:

- Domingos a sério, só mesmo de quarenta e oito horas, assim distribuídas:

- Oito só para dormir; doze, para ir jantar com amigos, mais discoteca e passear; quatro, para preguiçar no sofá e ver filmes; quatro, para ler e conversar; dez só para namorar; dez para ir ás compras ao cabeleireiro ao ginásio e à praia e,... mal dava conta, já se tinha acabado o domingo...

Assim, só com vinte e quatro horas, fica muita coisa gostosa, sem entrar em linha de conta... sempre adiada ou por fazer!

Talvez seja esse o encanto dos domingos de Rita:

- Há sempre uma enorme lista de prioridades em atraso... Sonhos adiados, expectativas falhadas, desejos não cumpridos.

Por vezes Rita pensa que, melhor do que viver, é manter vivo, o desejo das coisas sonhadas...

Ás vezes Rita tem saudades de, quando em criança, passeava em jardins públicos, aos domingos, de mão dada com seu Pai e, comia um gelado lá para o meio desse passeio... e esse gelado era a coisa melhor do mundo!

- Sonhava, nessa altura, a semana inteira com esse dia e com esses momentos.

Uma coisa de que Rita tem Saudade verdadeira é, dessas coisas simples e sinceras da sua infância... havia espaço para a autenticidade e para saborear os momentos em família.

Agora, anda cada um por seu lado!

- Perdeu-se esse espírito dos domingos em família... As pessoas parecem “zombies” – alienadas e sem rumo

 ...

Continua

sinto-me: em paz
publicado por mcm às 10:22
link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Julho de 2009

TOM JONES...

 

«DELILAH»

 

http://www.youtube.com/watch?v=8a_T3U1rg2I

 

 

ESTA CANÇÃO, QUE EM 1968 ESTEVE NO TOP, ANIMOU MUITOS DOS BAILES AONDE IAM OS JOVENS DESSA ALTURA...

O VIDEO DE SUPORTE A ESTA CANÇÃO É UM BOM EXEMPLO DE  COMO AS COISAS SE PASSAVAM NESSA ÉPOCA...

- FOI O TEMPO DAS MINI SAIAS, DOS HOT PANTS, DOS BAILES DE GARAGEM E, O INICIO  DAS DISCOTECAS QUE NESSA ÉPOCA SE CHAMAVAM "BOITES"...

ENFIM, ERAM TEMPOS BASTANTE "NAÏFFS" SE COMPARADOS COM AS "RAVES" ACTUAIS E OUTRAS SIMILARIDADES DO GÉNERO...

 O GRANDE MÉRITO DE TOM JONES É O DE TER SOBREVIVIDO A TUDO E CONSEGUIR, AINDA HOJE, TER SUCESSO COMO CANTOR.

sinto-me: MUITO HAPPY
publicado por mcm às 13:29
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»...

(continuação)

...

Rita dá imensa importância às coisas sem importância. Rita, por vezes é uma aborrecida de tão exigente que se mostra com os outros...

Rita é exigente com os outros e é, muitíssimo exigente, consigo própria.

- É, DOENTIA E EXAGERADAMENTE, EXIGENTE CONSIGO!

Por isso, Rita esgota-se em mil e uma coisas que, aos olhos dos mais desatentos, parecerão coisas mesquinhas, inúteis, banais; sempre na ânsia de ser melhor, de fazer melhor, de pensar mais e melhor!

Rita gosta de tudo muito organizado à sua volta. Desde as persianas que devem estar simetricamente puxadas, até aos dossiers que devem estar por ordem numérica e alinhados... Rita controla e exige que tudo se cumpra segundo os seus preceitos, reconhecendo para consigo própria, que é uma aborrecida e uma obcecada das ideias, nestas matérias; mas só assim, Rita consegue a tranquilidade necessária para poder pensar. Rita adora pensar! Rita só consegue fazê-lo em sítios ordenados...

Quando Rita entra num qualquer espaço, nota imediatamente, aquilo que lhe agrada ou lhe provoca rejeição. A partir daí dois caminhos se lhe apresentam:

- Num vai ela à frente ou ao lado e a indicar o caminho e a dizer em que direcções se pode e deve seguir;

- Noutro, vão os outros sem Rita. Aqueles que gostam do caos...

 Rita não se dá em ambientes, nem com pessoas, que lhe castiguem o ego. Se pode, ignora-os ou rejeita-as.

Rita disserta hoje sobre este assunto, porque, infelizmente, de vez em quando, alguém se quer aproveitar do seu diário para se promover...

Para entrar e deixar nele um endereço que, quase sempre remete para um qualquer item de pornografia... Uma desordem, portanto!

- Rita, por uma questão estética, rejeita a pornografia. Rejeita-a ainda, pela falta de criatividade e pelos apelos básicos - contra os quais não tem nada - mas dos  quais não comunga.

Rita está noutro patamar:

- O patamar das ideias. Rita gosta e pratica alguma elevação das ideias. Por isso, Rita escreve o «seu diário».

Quem quer seguir com Rita, terá que ir por aí. A pornografia, deixada à socapa no «Diário de Rita» é uma manobra medíocre que não colhe com Rita.

- Rita apagará, sempre, esses  endereços “manhosos”...

Para que não existam dúvidas, de espécie alguma, aqui deixa este "recado"...

...

Continua

sinto-me: lúcida
publicado por mcm às 10:36
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

MICHAEL BOUBLÉ...

 

«SAVE YOUR LAST DANCE FOR ME»

 

http://www.youtube.com/watch?v=qmi3EPUrw6g

 

ESTE SENHOR CANTA BEM E É UM PERFEITO ARRASA CORAÇÕES...

PORQUE HOJE É SEXTA-FEIRA, PORQUE É VERÃO, PORQUE ME RECORDEI DESTA CANÇÃO QUE ME TRÁZ ALEGRIA, PARTILHO COM QUEM POR AQUI PASSAR, ESTE MOMENTO.

 

 

sinto-me: mt bem
publicado por mcm às 18:56
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»...

(continuação)

....

Rita acordou hoje, piegas! Lamechas, lamechas, até mais não!

- Até dizer basta, basta, basta!...

Rita pensa hoje, na sua família, quase toda, já morta! Desaparecida para sempre, e, à sua revelia!

Rita afasta estes pensamentos sempre que pode, pois que lhe provocam, um enorme sofrimento e sentido de perda.

- Estes pensamentos provocam em Rita, um desmesurado sentimento de frustração!

Rita nem sempre fica triste quando pensa nos seus! Naqueles seres queridos que lhe deram tudo, para que hoje Rita seja, uma pessoa com algum carisma, alguma posição de liderança no contexto em que se insere... para que Rita seja uma pessoa útil aos outros e a si mesma.

Rita, não é vaidosa nem deslumbrada! Rita é, unicamente, uma convicta da família e uma pessoa consciente do seu real valor.

- Tudo o que somos ou seremos, bebemos nos alicerces das nossas fundações familiares! - Isto é o que Rita pensa para consigo, enquanto se apronta para sair de casa.

Rita, enquanto coloca o “blush” rosado na sua face de mulher mimada, lembra seus pais, seus tios, seus primos, seus avós e, pára por aí...

- Surgem-lhe então, imagens de todos eles, esfumadas - na sua cabeça - e, não lhes vislumbra os contornos das faces - jovens - que Rita nunca viu, nem  nunca acariciou.

Eles, simplesmente, deixaram Rita sozinha e “foram-se” embora, sem quererem, para outras paragens, enquanto Rita se debatia com a ideia de, os agarrar para sempre ao pé de si.

- Morreram quase todos jovens e sem outra alternativa.

Desde cedo Rita soube que, todo o ser humano, por mais querido e agarrado que seja à vida, tem o seu tempo preestabelecido para cumprir. E que a partir daí, nem mais um segundo.

Rita lamenta que, todos os que a viram vir ao Mundo, tenham deixado esse Mundo, quando Rita quase ainda não sabia nada:

- Nem do Mundo, nem das pessoas...

...

continua

sinto-me: NORMAL
publicado por mcm às 11:02
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

O poder, ilusório, da imagem...

 

Olhamos e, vemos alguém que, irradia felicidade... Ficamos deslumbrados e, algo “invejosos”.

Travamos conversa e, passado um pouco, constatamos que essa mesma pessoa está, infeliz e, cheia de problemas... - À beira da dissolução da sua alma!

Ficamos um pouco a ouvi-la e, a sentirmos pena dela e, por ela...

Quando a deixamos, pensamos então, duas coisas.

1-    Quanta gente andará por aí, que parece linda e,... traz em si uma enorme tristeza e angústia de viver?!...

2-    Quantas das vezes, passamos ao lado dessas pessoas, não as ajudando, somente porque acreditámos no poder da sua imagem?

3-    - Não parámos para as ouvir e conhecê-las um pouco?!...

- Não é nada verdade que “a imagem é tudo”!

Os maiores dramas da solidão humana foram, protagonizados, por verdadeiros ícones da imagem! Estou a lembrar-me, por exemplo, de Marilyn Monroe...

- Uma mulher desejada por todos; invejada por todas; e que estava totalmente só e, em perfeita e total dissolução de sua alma.

Uma verdadeira catástrofe!

 

Ps: Sou fascinada por imagens! Contradições da Alma Humana?...

 

sinto-me: fantástica
publicado por mcm às 20:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

CESÁRIA ÉVORA...

 

«NEGUE»

 

http://www.youtube.com/watch?v=lzy-shoMzvQ

 

ESTA CANÇÃO FICA MARAVILHOSA NA VOZ DE CESÁRIA ÉVORA...

FICA COM MAIS PROFUNDIDADE E MAIS TRISTEZA, COMO CONVÉM AO POEMA AQUI CANTADO...

EU NÃO CONHECIA E FIQUEI APAIXONADA. TOTALMENTE FÃ!

CLARO QUE ALGUNS APRECIARÃO, MAIS, A VOZ DE BETHÂNIA...

- EU COSTUMO DIZER QUE, NÃO SE COMPARA O QUE NÃO É COMPARÁVEL.

 

sinto-me: apressada
publicado por mcm às 12:47
link do post | comentar | favorito

«O diário de Rita»...

(continuação)

...

Por vezes, as manhãs de Rita ficam, como que por magia/negra, negras também.

- Há dias assim, em que parece que o céu vai desabar e cair em cima da cabeça de Rita... a qual ficaria esmagada como um tomate maduro, colocado numa trituradora por uma dona de casa, na hora do seu jantar... Ficaria sem ponta por onde se lhe pegasse: aos pedacinhos e em fanicos!

Rita tem dias em que faz um esforço enorme para manter a calma e parecer civilizada e parecer urbana e parecer amistosa com os outros - que lhe dão cabo da cabeça!...

- Por dentro ferve e destila raiva à mistura com muita ponderação! Aparentemente, está tudo sob controlo!

A vida de Rita não lhe permite perder, por um segundo que seja, a calma e as boas maneiras. A cordialidade e o bom senso.

- Seria catastrófico - para ela, que não entende grosserias de qualquer espécie.

Então, quando estas maratonas infernais, de stress e mau estar, lhe acontecem, Rita respira fundo, encaixa o seu melhor sorriso, e com uma voz extremamente baixa e suave, começa a desancar aqueles ou aquelas que tentaram passar das marcas. Tentaram afrontá-la!

- Rita jamais se exalta, nunca eleva a voz, nunca perde o controlo.

Nestas horas de adrenalina pura, ela consegue uma calma doentia e desconcertante que, quase lhe confere ao rosto, um ar de extraterrestre.

- Sem pinta de emoção!

É um exercício que sabe fazer e que lhe evita dissabores ainda maiores.

Rita tem para si mesma que, pior que um subordinado malcriado, só uma chefia fora de controlo; histérica ou arruaceira!

Rita não gosta de dar o flanco com ninguém. Com Rita, é sempre à moda antiga:

- “Cada macaco no seu galho”. Quem manda, manda; quem obedece, obedece.

Por uma questão de bom senso e bom funcionamento,  com Rita, não são permitidas “rebaldarias” de qualquer espécie...

...

continua

 

sinto-me: louca qb
tags:
publicado por mcm às 11:27
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Julho de 2009

EAGLES...

 

«HOTEL CALIFÓRNIA»

 

http://www.youtube.com/watch?v=ea0CDieb4yM

 

AQUILO QUE ESTA CANÇÃO DIZ ÁS PESSOAS DA GERAÇÃO DE SESSENTA, É UMA MISTURA DE MISTÉRIO COM PARTILHA COLECTIVA:

- CADA UM INTERPRETA SEGUNDO AS SUAS PERTENÇAS SOCIAIS, CULTURAIS  E OUTRAS E, INTERPRETA TAMBÉM SEGUNDO OS MOVIMENTOS QUE FORAM O EMBLEMA DESSA GERAÇÃO E QUE  REVOLUCIONARAM O MUNDO ATÉ HOJE...

OS EAGLES DO MEU ENCANTO PASSARAM POR LISBOA!...

AQUI DEIXO AOS QUE "CURTEM" ... PARA RECORDAR, RECORDAR, RECORDAR...

É UM SOM FANTÁSTICO E UMA CANÇÃO DE SEMPRE... E PARA SEMPRE!

sinto-me: CANSADA e Feliz e ETC.
publicado por mcm às 18:47
link do post | comentar | favorito

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!