Terça-feira, 31 de Março de 2009

ADOÇANDO OS DIAS...

Uirapuru: o canto da sereia

O Uirapuru é uma ave pequena, de cor acinzentada, com uma parte negra e uma mancha branca nas costas em forma de estrela. Vive habitualmente na parte mais alta das copas das árvores da selva amazónica pelo que raramente é visto. Todavia quem alguma vez teve o privilégio de o ouvir cantar dificilmente o esquece. Dizem que quando canta todas as outras aves da floresta se calam para o ouvir, seduzidas pela beleza do seu trinado. O único predador deste pássaro feérico é o Homem, pois existe a crença de que quem possuir um exemplar - mesmo morto - será sempre feliz. O preço de um Uirapuru chega a ser elevadíssimo...

 

Há uma lenda que nos conta que o famoso pássaro era inicialmente um índio que se apaixonou perdidamente pela esposa de um cacique indígena. Incapaz de viver este amor impossível pediu para ser transformado em ave para amenizar a sua dor. Desde então passou a cantar à noite uma bela melodia para fazer a sua amada dormir. Porém, a sua voz despertou o interesse do cacique que perseguiu o Uirapuru e o tentou capturar. Apavorado, voou para as profundezas da floresta enquanto o cacique, na sua perseguição, se perdeu para sempre. Mas todas as noites o Uirapuru voltava para acalentar os sonhos do seu amor e esperando também, que talvez um dia, a índia pudesse reconhecê-lo e despertá-lo do seu encanto.

Esta lenda é muito parecida com a fábula do sapo que se tornaria num príncipe encantado com um beijo da sua amada, mas com todo o encanto e mística que só encontramos no Brasil...

 

Nota: Extraí esta beleza de um endereço na net... De vez em quando, sabe bem ler coisas fantásticas, como fantásticas deveriam ser as nossas vidas.

 

sinto-me: OK!
publicado por mcm às 19:48
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Eu...

.pesquisar

 

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Primeiras chuvas de Outon...

. Outono!

. Primavera!

. Hoje

. O circo

. Diz-se ...

. Destralhar ?

. Que triste!

. Mais um Natal!

. E aquele Blatter ?! ...

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Agosto 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.tags

. todas as tags

.Subscrever feeds

.links

.favoritos

. VIAGEM A PARIS E (DE GRAÇ...

. Diário de Rita... o beijo...

. «O diário de Rita»...home...

. «O diário de Rita»...

. O meu Blog Original...

. Boa Páscoa...

. Surpresa pela negativa!